Papo Reto

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013
Piolho na criançada

Vou falar de um problema que não sai da cabeça das mães nem das crianças nesse início de ano letivo: o piolho! O coça-coça é o primeiro sintoma. Coçou atrás da nuca ou atrás da orelha, pode passar o pente fino no cabelo da criançada! Mas faça isso com os cabelos molhados e após o creme condicionador pára melhor manuseio do equipamento. O piolho aparece nas crianças e não é sinônimo de falta de higiene. Esses parasitas também adoram um lugar limpinho. Nada de frescura, todo mundo já teve piolho. Eles se alimentam de sangue humano e o ato de cocar pode promover infecção secundária por bactérias, com eventual aparecimento de gânglio no pescoço. A transmissão acontece pelo contato. Para se prevenir, evite dividir bonés, pentes, escovas, chapéus, lenços, travesseiros e toalhas. O tratamento para conter o piolho é simples: pode ser por aplicação de remédio no local ou oral conforme o peso. Depois, toma-lhe pente fino! Procure sempre orientação médica. Interromper o ciclo da contaminação é essencial. Tá falado!


sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013
Risco de colapso no Elevado do Joá

Um estudo feito pelo Programa de Engenharia Civil da Coordenação dos Programas de Pós-graduação em Engenharia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Coppe-UFRJ) alertou a Prefeitura do Rio sobre os riscos de colapso do Elevado do Joá. As estruturas de concreto que sustentam os 1.100 metros da principal ligação entre a Barra e a Zona Sul estão danificadas devido à corrosão provocada pelas marés e chuvas que atingiram a via durante quarenta anos de funcionamento. A degradação é gravíssima, tanto que o Coppe recomendou a reconstrução do elevado. A Prefeitura descartou a demolição, mas anunciou medidas de emergência. Caminhões estão proibidos de circular por lá e a velocidade máxima da pista foi reduzida de 80 para 60 km/h. Além disso, as intervenções já começaram. A obra será grandiosa, deve durar seis meses e custar cerca de R$ 70 milhões. O preço é altíssimo, mas é melhor gastar agora do que pagar com vidas depois, caso aconteça uma tragédia. O projeto de recuperação prevê a instalação de 128 vigas metálicas, que sustentarão o elevado, a reforma das muretas e a recuperação dos túneis do Joá e de São Conrado. Vamos torcer para que o Rio de Janeiro tenha aprendido a lição de que é melhor prevenir do que remediar. Nosso patrimônio precisa ser fiscalizado frequentemente, assim, se houver algo errado será possível resolver antes. Ta falado!



segunda-feira, 04 de fevereiro de 2013
Não pode fazer xixi na rua!

Os cariocas adoram os blocos de rua. A festa começa cedo e se estende por todo o dia. E para aguentar o pique, a galera tem que se hidratar, seja com água ou aquela cervejinha. Mas na hora do aperto, onde fazer xixi? Qualquer lugar, menos na rua. A Prefeitura espalha banheiros químicos por toda a cidade para atender aos foliões. Há também os contêineres itinerantes. Além disso, você sempre pode procurar um banheiro no restaurante ou bar mais próximo. Não pode é urinar na rua. Gente, por favor, vamos colaborar! É muita falta de educação e bom senso achar que pode se aliviar em qualquer canteiro, só porque está apertado. Isso é uma tremenda falta de respeito com a cidade, além de ser crime. Você pode ser preso, e ninguém merece ir em cana por besteira em pleno Carnaval. Então, aviso aos mijões: a fiscalização vai estar em cima e marcar pesado. Não espere ficar muito apertado. Por mais que haja banheiros químicos espalhados, a quantidade de gente na rua é imprevisível, e você vai encontrar fila. No Carnaval, recebemos milhares de turistas e temos que passar boa impressão. Faça a sua parte. Curta a festa, mas nada de xixi na rua. Tá falado! 

segunda-feira, 04 de fevereiro de 2013
Folia para as crianças

O Carnaval tá aí e a criançada não precisa ficar de fora da folia. Há muitos bailes e blocos voltados para os pequenos. Para eles curtirem sem dar dor de cabeça aos adultos, basta seguir algumas recomendações. Os blocos infantis geralmente saem de manhã, quando o sol ainda está mais fraco. Então, escolha bem onde levar as crianças. Antes de sair de casa, identifique seu filho com nome, telefone e endereço numa pulseira ou cordão - caso ele se perca, a família poderá ser localizada. Mas, para que isso não aconteça, oriente seu filho a ficar sempre perto de você e não tire os olhos dele. Caso vocês se afastem, tenham um ponto de encontro marcado. Ensine seu filho a nunca aceitar nada de estranhos. Tem muita gente mal intencionada por aí. Lembre-se que o calor está forte, então passe protetor solar e vista seu filho com roupas leves. Se for fazer uma maquiagem ou pintura, utilize tintas e sprays infantis, para evitar intoxicação. Mantenha seu filho hidratado e bem alimentado. Ter uma garrafinha de água na bolsa sempre ajuda. Tá falado!

sexta-feira, 01 de fevereiro de 2013
Não desperdice água!

Durante o ano inteiro, vários bairros sofrem com a falta de água, e estou sempre cobrando aqui na coluna as reclamações que recebo. Porém, parece que no verão o problema aumenta. Com o calor, as pessoas querem se refrescar com banhos longos, piscina e mangueira, o que acaba desperdiçando água. Veja bem, não estou dizendo para você não se divertir durante o verão, mas economizar é sempre bom. A água é fundamental para que tenhamos condições de higiene. Pra não passar aperto, basta seguir algumas recomendações. Durante o banho, desligue o chuveiro enquanto você se ensaboa. O consumo cai de 180 litros para apenas 48. Não deixe a torneira aberta enquanto escova os dentes. Um pinga-pinga de torneira joga 1.380 litros de água limpa ralo abaixo. Aí não dá! Além disso, o quintal de casa e até mesmo a calçada podem ser limpos apenas com vassoura, não precisa jogar água sempre. Com essas mudanças de atitude no dia a dia, você evita o desperdício, diminui a conta e não corre o risco de ficar sem água. Tá falado!

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013
Não jogue lixo na praia

Nesse calorão, o carioca quer se refrescar e todo final de semana as praias ficam lotadas. Infelizmente, nem todo banhista é educado e quando o sol se põe vemos nas areias o rastro dos porquinhos que não levam seu lixo. Quem passa o dia na praia consome latinhas de cerveja e refrigerante, picolé, coco, empada, biscoito e várias outras delícias. Mas, não pode largar tudo por lá quando vai embora. Ainda há poucas lixeiras espalhadas na orla, por isso, é importante ter com você uma sacola plástica para colocar os seus resíduos, ao invés de deixá-los espalhados pela areia. Durante o verão, quase três mil toneladas de lixo são recolhidas nas praias por mês. Isso não pode acontecer! As praias não são depósitos de lixo. Quem insiste em fazer isso não está cumprindo com o seu dever de cidadão, que é zelar pela cidade. Você não quer encontrar a praia limpa e bonita para poder aproveitar? Então, tem que colaborar. Imagina como iria ficar uma imundice se os garis não fossem lá recolher tudo toda noite. Esses guerreiros é que garantem a praia do dia seguinte. Jogar lixo na areia atrai animais como pombos e cachorros, que trazem bactérias, parasitas e fungos, o que acabam causando doenças aos banhistas. Não é só a água do mar que fica imprópria, a areia também fica poluída. E isso é responsabilidade de todos. Lugar de lixo é no lixo! A cidade agradece. Galera é assim: lugar de lixo é no lixo!
segunda-feira, 28 de janeiro de 2013
Economize nas compras 

Já comprou o material escolar para este ano? Se a resposta for sim, parabéns, você fez as compras com antecedência e evitou o aumento de preços que normalmente acontece nessa época. Mas se a resposta for não, não precisa se preocupar: ainda dá tempo e, para economizar, você pode seguir algumas dicas. A primeira (e mais importante) é identificar o que pode ser aproveitado do ano passado. Por exemplo, o apontador, se estiver ainda em boas condições, não é uma coisa que precise ser comprada todo ano. Compre agora só o essencial e deixe o restante para depois. Os preços tendem a cair. Pesquise antes de comprar sempre. Os valores variam muito de uma loja para outra, e no final isso dá uma boa diferença. A Internet é grande aliada na hora de comparar. Marcas conhecidas não são sinônimo de qualidade. Às vezes, você pode achar um produto mais barato, por ser de marca desconhecida, tão bom quanto o famoso. Evite levar seu filho às compras. Ele vai querer as coisas da moda, o que encarece. E, por fim, se organize para pagar. Tá falado!

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013
Como evitar as micoses 

Verão, calor e sol. Todos-querem curtir e se refrescar na praia ou no clube, mas nem imaginam que isso pode abrir brechas para as micoses. Junto com a temperatura, também aumentam os casos de infecções superficiais que afetam a pele, as unhas e o cabelo, isso acontece porque a pele quente e úmida é o ambiente ideal para o desenvolvimento dos fungos. Se aparecer uma manchinha vermelha em alguma parte do corpo, corre para tratar, porque depois piora: vêm a coceira, a ardência, as bolhas, a descamação e as fissuras. Então, o importante é evitar! E quem tem deficiência imunológica deve redobrar os cuidados. Não ande descalço em áreas públicas, como areia e calçadão da praia, piscinas, chuveiros e saunas. Não compartilhe roupas, calçados e toalhas. Evite usar o mesmo sapato todo dia e também roupas muito justas e de tecidos sintéticos. Não fique com biquínis, sungas e roupas de ginástica molhadas muito tempo. Após o banho, seque bem o espaço entre os dedos, axilas, virilhas e outras dobras do corpo. Mantenha a toalha bem lavada e a estenda em local arejado. Com esses hábitos, você vai passar longe das micoses no verão e no ano todo. Tá falado! 

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013
Cuidado com a enchente 


Hoje vou dar algumas dicas de como se proteger e evitar as doenças transmitidas nas enchentes: cólera, leptospirose, esquistossomose, hepatite A, diarreia, febre tifoide e dengue. O bagulho é doido! Quanto menos tempo em contato com essa água melhor. O ideal é esperar a chuva passar em um lugar seguro e seco, mas nem sempre isso é possível. Improvise: use sacos plásticos nos pés e nas mãos. Depois que a água desce, os riscos aumentam. A lama das enchentes tem alto poder infectante e adere a móveis, paredes e ao chão. Remova essa lama também com pés e mãos protegidos. Lave o local e desinfete com água sanitária. Esvazie completamente a caixa d'água, esfregando bem as paredes e o fundo. Encha-a usando 1 litro de água sanitária para cada mil litros de água. Depois, abra o registro até encher as tubulações e aguarde 30 minutos. Por fim, abra as torneiras até a água acabar. Jogue fora remédios e alimentos atingidos. Roupas devem ser lavadas em água fervente ou água com cloro. Em hipótese alguma permita que as crianças brinquem nessas águas. Você pode ajudar (e muito!) não jogando lixo nas ruas, cobrando e denunciando! Proteja-se! Tá falado!

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013
Todo cuidado é pouco


Todo mundo está careca de saber que com o calor e as chuvas aumentam os casos de dengue. Nessa época é preciso redobrar os cuidados. A fêmea do Aedes Aegypti coloca seus ovos em água limpa e parada, então não marque bobeira. Coloque terra nos pratinhos de planta, não deixe pneus expostos ao tempo e trate a água da piscina — se preferir cobri-la, não deixe acumular água da chuva sobre a lona. Assim você evita a proliferação do mosquito em sua casa. Mas como mosquito voa, ele pode vir da casa do vizinho. Por isso, denuncie os focos que você vir por aí. Ainda não existe vacina contra a dengue, então o fundamental é se prevenir. Se mesmo com todos os cuidados você contrair a doença, atenção aos sintomas: febre, dores pelo corpo, nas articulações e dor de cabeça. Podem surgir também manchas vermelhas na pele e, em alguns casos, sangramento, mais comum nas gengivas. Se você começar a sentir esses sinais, procure um médico. Dengue é coisa séria! Mesmo quem já pegou a doença não está livre de contraí-la de novo. Você é peça fundamental no combate à dengue. Faça sua parte! Tá falado!

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013
Criançada quer brincar


Entreter as crianças nas férias não é fácil, principalmente se a grana está curta. A palavra-chave é criatividade. Atividades dentro de casa e ao ar livre são extremamente importante para o desenvolvimento dos pequenos. O primeiro passo é perguntar o que a criança quer. A participação dela na escolha da atividade é fundamental. Se você está de férias, mãos a obra. Monte uma cabana de lençóis ou um cidade de sucata. O importante é estimular a imaginação. A ideia é mostrar para as crianças que é possível, sim, se divertir em casa, sem gastar um centavo. O distanciamento entre pais e filhos está cada vez maior. Com isto, os problemas podem aparecer. Sem orientação e diálogo, fica difícil manter uma relação saudável. Brincar e se divertir é importante para estreitar a relação entre pais e filhos. Pensem nisso! Outra opção legal são as atividades ao ar livre. Bote em prática o que é ensinado na escola: mostre a importância da preservação da natureza, deixe as crianças rolarem na areia, tocarem nas plantas e se sujarem. Nada que um bom banho não limpe. Convidar amigos e primos para um dia em casa também é uma boa. Organize-se para que tudo corra em ordem. Boa férias! Tá falado!


quarta-feira, 16 de janeiro de 2013
Coma com sabedoria


Cuidar da alimentação no verão é essencial. A estação tem altas temperaturas e dias mais longos, por isso é fundamental caprichar no cardápio. Dias ensolarados são ótimos para passar horas na praia saboreando petiscos. Eu também adoro! O problema é que a má conservação dos alimentos e a exposição ao sol podem contaminar a comida. Aí, na melhor das hipóteses, você passará horas no banheiro e não na praia! O bagulho é doido! Fiquem ligados nos principais sintomas de intoxicação: dores abdominais, náusea, vômitos, diarreia e febre. O ideal é consumir alimentos leves, como frutas, saladas e carnes magras. Prefira picolés de fruta aos sorvetes de casquinha e troque o amendoim pelo biscoito de polvilho. Atenção também à desidratação, cujos sintomas mais comuns são olhos fundos, moleza, boca seca, sede intensa e, no caso das crianças, choro sem lágrimas. Os pequenos, aliás, são as principais vítimas do calor, porque perdem água com mais facilidade e têm sistema digestivo frágil. É importante oferecer muito líquido à garotada, mas refrigerante não conta! Usem e abusem de sucos e água. Com essas dicas você pode aproveitar o verão numa boa. Tá falado! 

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013
Saúde é o que interessa

O verão é a estação preferida da maioria dos brasileiros. Mas para ser bem aproveitado, exige certos cuidados. As unidades de saúde recebem muitos pacientes com queimaduras, desidratação, micoses e intoxicação. Então vamos lá: a desidratação atinge mais crianças e idosos. Basta beber muita água, usar roupas leves e claras, não ficar exposto ao sol entre 10h e 16h e ter uma alimentação leve. Use protetor solar com fator de no mínimo 30, reaplicando o produto na pele a cada duas horas. As crianças também são as principais vítimas da otite, a inflamação no canal do ouvido. No primeiro sinal de dor suspenda a brincadeira na água e não pingue nada no ouvido: faça compressas com panos quentes e secos. Se em dois dias as dores não sumirem, procure um médico. A intoxicação alimentar é outra grande vilã. Verificar cheiro, consistência e prazo de validade dos alimentos ajuda na prevenção. Fique atento aos campeões da intoxicação como ovos, maionese, frutos do mar e carnes. Para evitar micoses, mantenha virilhas, dobras dos seios e pés bem secos. Não dê mole pra Kojak! Medidas simples podem manter você e a sua família protegidos. Tá falado! 

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013
É verão! Vai malhar?


O verão chegou com tudo e não tem como ficar imune à atmosfera saudável da estação. Esse calor sugere atividades ao ar livre e até o mais sedentário resolve caminhar na praia ou jogar aquele futebol com os amigos. Mas fazer exercício em altas temperaturas requer alguns cuidados. Um exercício completo pede aquecimento e alongamento. Escolher a roupa e o calçado adequados também é essencial. Tecidos que facilitam a secagem do suor e roupas que não apertam são os mais adequados. Sei que a mulherada gosta de se arrumar, mas no calor vale a simplicidade. É imprescindível o uso de óculos escuros, protetor solar e boné. No calor, o corpo perde mais água e sais minerais. Água e isotônicos antes, durante e após o treino ajudam a repor os sais e os carboidratos. Na praia, a areia oferece mais resistência, o que facilita as entorses. Dê preferência às primeiras horas do dia ou após as 16h. Uma dica que ajuda muito diz respeito à respiração: inspire pelo nariz e expire pela boca. Isso evita aquela dor na barriga. E antes de começar a se exercitar, procure um médico. O mais importante é manter a regularidade. Se cuide! Tá falado! 

quarta-feira, 09 de janeiro de 2013
Quando será a próxima?

Tragédia anunciada: as autoridades não aprendem com os erros do passado e aí já viu, vidas são ceifadas e centenas de pessoas perdem tudo o que tinham. A história todos conhecem: o verão chega, temporais desabam e vem a tromba d'água. Em 2010, o povo de Angra dos Reis sentiu na pele a irresponsabilidade dos governantes. Ano passado foi a Região Serrana, e agora, a Baixada Fluminense, principalmente em Xerém, distrito de Duque de Caxias. Segundo a Prefeitura de Caxias, cerca de mil pessoas ficaram desalojadas e 400 desabrigadas. Mais de 200 casas foram destruídas. O temporal atingiu ainda Belford Roxo, Nova Iguaçu e Seropédica. Até quando vamos sofrer com a negligência? Quem vai assumir a culpa? Onde está o dinheiro destinado à prevenção desta tragédia? Estas calamidades poderiam ter sido evitadas com algumas medidas de prevenção. E o número de atingidos poderia ser bem menor, principalmente em Caxias e Belford Roxo, se a coleta de lixo não estivesse paralisada. Que Deus ajude todos a reconstruírem suas vidas. Esperamos que os responsáveis aprendam a lição e que em 2014 estejamos aqui apenas comemorando o início do novo ano. Tá falado!


segunda-feira, 07 de janeiro de 2013
Liquidações à vista!

A euforia do Natal passou, e aos poucos começam as liquidações. Nessa hora, muita gente compra por impulso e se arrepende depois. Planejar o orçamento é o primeiro passo para começar bem o ano. Cuidado com as tentações das compras parceladas. Eu sei, as ofertas são boas, mas vamos conter a empolgação! Quem refresca bunda de pato é lagoa, e a conta do cartão de crédito chega sem dó! Início de ano é época de IPTU, IPVA, material escolar e muitos outros gastos. Então, calma: comprar em liquidações exige cuidados. Pesquisar preços é o primeiro passo. Anúncios publicados na imprensa são aliados para exigir o cumprimento da oferta. Não se deixe levar por ofertas do tipo 'pague um e leve dois'. Muitas lojas fazem liquidações de peças com pequenos defeitos, normalmente sem direito à troca. Não há lei que proíba a prática, desde que conste na nota fiscal. Antes de comprar, pense na durabilidade da peça. Custo-benefício é fundamental! Aproveite e dê uma olhada no armário: muita coisa pode ser doada à caridade. Ajudar alguém é excelente forma de começar o ano! Recado dado! Então, abram as carteiras com consciência. Tá falado!


sexta-feira, 04 de janeiro de 2013
A sua pele agradece


O verão está aí e é hora de cuidar da pele. Fique esperto para não parecer que tem 10 anos a mais. Nessa época, nós ficamos mais expostos à radiação ultravioleta, e além disso todos querem aproveitar para manter o bronzeado nas praias. Pois é aí que mora o perigo. A pele agradece se você tiver consciência e tomar os cuidados básicos para se proteger. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a cada ano 100 mil brasileiros desenvolvem algum tipo de tumor de pele, sendo a exposição excessiva ao sol a maior causa. Então, com certeza é melhor prevenir que remediar. Para se proteger, use chapéus e roupas de algodão, que barra 90% da radiação solar. Evite o sol entre 10h e 16h, na praia use barracas de algodão, que absorvem 50% da radiação ultravioleta, e também óculos de sol. No dia a dia, utilize filtro solar com fator de proteção entre 15 e 20, e na praia ou na piscina acima de 35. Passe o produto de duas em duas horas. Se liga nessa, porque assim você poderá aproveitar melhor o verão sem colocar a sua pele em risco. Tá falado!


quarta-feira, 02 de janeiro de 2013
De olho na garotada

Estamos no período das férias e é hora de passear com a garotada. Mas lembre-se: não pode dar mole pra Kojak e perder as crianças de vista. Em áreas públicas, por exemplo, os desencontros podem acontecer. Se liga: sempre que for a lugares muito movimentados, é preciso identificar a garotada com um crachá. Se a criança tiver menos de 3 anos, coloque no cartão de identificação os telefones da mãe e do pai. Se for maior que isso (dependendo de cada criança), ela já conseguirá decorar o número do telefone de casa. Treine bastante, ela vai adorar e se sentir importante. Combine sempre um ponto de encontro de fácil localização e instrua-os a mostrar o cartão de identificação ao pai ou mãe de outra criança caso se perca, e a pedir ajuda, de preferência a seguranças e policiais — identificar uniformes é mais fácil. Perder unia criança em local público é muito mais comum do que se imagina. Elas correm para todos os lados e em apenas um momento de distração se perdem da vista dos pais. Para não ficar ameaçando toda hora e brigando, o melhor é prevenir o susto. Não custa nada fazer a coisa certa para evitar problemas e garantir um passeio seguro. No mais, boas férias! Tá falado!

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012
Feliz 2013 para todos!


Amigos, a virada do ano é apenas um limite cronológico, mas a tradição nos leva a pular onda, comer lentilha, usar branco e fazer brindes na passagem de hoje para amanhã. Então, aproveitem a data para pensar na oportunidade de recomeçar, porque quem sabe seja a hora de parar de fumar, recuperar a boa forma, buscar um novo trabalho, encontrar a cara-metade, ter a casa própria... Também seria bom olhar para a renovação de valores, já passou do tempo de entender que a felicidade não é um bem material, mas um estilo de vida que se adota e se preserva em cada atitude, em cada pensamento, em cada palavra. Desejo que o Ano Novo exerça em todos vocês a magia e o poder de induzi-los à reflexão. Que todos nós sejamos capazes de fazer o bem sem olhar a quem, para receber o bem sem saber de quem. Que o respeito seja prioridade nas relações. Que a ética e a moral sejam rotina em nome do bem coletivo. Que o mundo resgate o dom de se reinventar e evoluir sem esconder as mazelas.
Que venha 2013 e que todos lembrem que o novo ano é para curtir, mas também para refletir e pensar. Paz e amor nos corações de todos. Feliz Ano Novo!

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012
Cuidado com os fogos!

Falta pouco para o ano acabar. É hora de festa, afinal, está chegando um novo ano, cheio de esperanças. Tudo muito bom, mas se você gosta de comemorar com fogos de artifício, cuidado. Nossa bombeirada faz um alerta: fogos de artifício usados por pessoas não habilitadas podem causar sérios acidentes. Para quem vende, um recado: o Estatuto da Criança e do Adolescente proíbe a venda de produtos que podem causar danos a menores. Vender bombas, pólvora e rojões a crianças pode dar de 6 meses a 2 anos de cadeia. O bagulho é doido! O problema é que há muitos estabelecimentos clandestinos vendendo fogos nesta época, e aí as pessoas mal informadas colocam a vida em risco. A orientação dos bombeiros é de que material explosivo deve ser manuseado por especialistas. Manusear um foguete de forma errada é colocar sua vida e de outros em risco. Fogos são bonitos quando explodem no ar, mas não podemos esquecer o perigo que eles representam. As festas de fim de ano são para se divertir e não para causar acidentes. Tenha consciência e aproveite as comemorações sem problemas. Tá falado!  

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012
Agora vem a ressaca


Natal passou, você enfiou o pé na jaca e agora está na maior ressaca. Eu bem que te avisei para se controlar e não abusar! Mas como eu gosto de você e sei que foi só um escorregão, vou tentar ajudar. Os especialistas garantem que, para melhorar, é preciso ficar ao menos três dias sem beber para o fígado se recuperar. Se não teve moderação, o jeito é ficar de bico seco para ficar legal. A hidratação do organismo é fundamental. A água de coco é a mais indicada, já que é nutritiva, hidrata e tem baixo valor calórico. Mas se não tem, sucos de frutas e chás, como o de hortelã, camomila e capim cidreira melhoram a digestão. As folhas verdes escuras, como brócolis e couve-flor, fazem muito bem e irão ajudar bastante. Aproveita e toma chá de boldo para melhorar o funcionamento do fígado e assim, eliminar o álcool mais rápido. Se você pensa em beber mais no Ano Novo, aí vai uma boa dica: intercale um copo de água com cada copo de bebida alcoólica. O corpo ficará hidratado e dificilmente você vai se embriagar e ter outra ressaca. Mas vê se toma juízo e beba com moderação. Ou nem beba. De cara limpa aproveitamos muito mais. Aprendeu? Tá falado!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012
Feliz Natal para todos!

Queridos amigos, hoje é véspera de Natal, dia de paz, carinho, muito amor, reflexão e de pensar na bondade de Jesus, que nasceu para nos salvar. Por isso, mais uma vez, desejo o melhor Natal do mundo a todos vocês, leitores e parceiros do MEIA HORA, que respeitosamente acompanham meu trabalho e estão sempre aqui, juntos e misturados comigo. Quisera, Senhor, neste Natal, armar uma árvore em meu coração e pendurar, em vez de presentes, os nomes dos meus amigos. São muitos, graças a Deus, antigos e recentes; os que vejo todo dia e os que raramente encontro; todos são importantes. Faço questão de estar ao lado daqueles que mais amo. É assim que vejo o Natal: um dia de confraternização com os amigos, a família e Deus. Pensem nisso hoje e fiquem junto dos seus. Esta noite, olhem para o céu e procurem a estrela guia. Com certeza, uma estrela brilhará intensamente para você. Olhe para ela e pense em Jesus. Lembre-se que há mais de 2 mil anos uma estrela anunciou a Sua chegada. Imagina-te cercado de luz por sua estrela. Acalme seu coração, esqueça os problemas, concentre-se na luz e peça saúde e paz.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012
Não abuse da bebida!


As festas de Natal e Ano Novo, que deveriam significar apenas alegria e descontração, acabam influenciando no consumo excessivo de bebidas alcoólicas e seus desdobramentos, como acidentes de trânsito, violência, afogamentos e outros problemas graves. Por isso, fique de olho para não passar da conta. Se você não respeitar os limites do seu corpo e da sua mente, o bagulho pode ficar doido e estragar a festa de muita gente. Segundo os especialistas, a ingestão de bebidas alcoólicas, mesmo em uso moderado (até três doses diárias para homens e duas para mulheres), está associada ao ato de dirigir em alta velocidade e à ocorrência de acidentes fatais de trânsito. A combinação de bebida e banho de mar também pode ser perigosa, principalmente se associada à imprudência e ao desconhecimento das áreas de risco nas praias. Nesta época, 44,9% das vítimas de afogamento estavam embriagadas. Não enfie o pé na jaca achando que é o máximo. Você pode acabar perdendo a festa e a confraternização com seus amigos e parentes. Se você quer curtir o Natal e o Réveillon numa boa, tenha consciência: bebida em excesso não faz bem a ninguém. Tá falado!


quarta-feira, 19 de dezembro de 2012
Viagem segura é melhor


Vai viajar de carro no Natal? Então, se liga! É preciso ter alguns cuidados para pegar a estrada. Além de não beber antes de dirigir, faça uma revisão no veículo para garantir a segurança da família na viagem, mesmo quando o percurso for pequeno. Na rodovia, fique atento à sinalização e às condições de ultrapassagem. Verifique faróis e luzes, cheque pneus, estepe, freios, suspensão, combustível e óleo; verifique se a documentação está em dia e se os limpadores de para-brisas estão funcionando. Faça uma revisão no nível de carga da bateria e do funcionamento do desembaçador. Respeite o limite de velocidade e tome cuidado com pedestres e ciclistas nas áreas urbanas das rodovias. O recado é curto e objetivo porque prevenir é sempre melhor do que remediar. É uma questão de bom senso e de amor à sua vida e à dos outros. Afinal de contas, viajar com a família ou com os amigos no Natal é uma boa opção, e ninguém quer ter problemas. O objetivo é se divertir e comemorar esta data tão importante! O recado está dado! Tá falado!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012
Cuidado com o pisca-pisca


Natal chegando e as pessoas decorando casas, árvores e fachadas dos prédios com todo tipo de enfeite e luzes coloridas, de vários formatos e tamanhos. Os pisca-piscas já viraram marca registrada da decoração natalina, mas é preciso tomar alguns cuidados. Para início de conversa, nada de fechar a mão: produto barato e sem certificado do Inmetro pode causar sérios prejuízos. Na hora da instalação, é bom ficar atento à voltagem e se as lâmpadas podem ficar ligadas por muito tempo. Se for usar as luzes de anos anteriores, avalie o fio e procure alguma deformidade ou dano para evitar tanto choques elétricos quanto curto-circuito. É sempre bom ficar atento à criançada. O pisca-pisca só deve ser ligado depois da instalação completa, que nunca deve ser feita com os pés ou mãos molhadas. E reserve uma tomada apenas para o enfeite, já que sobrecarregá-la pode causar mais acidentes. Para evitar um susto na conta de luz, desligue as lâmpadas durante o dia. Se você optar por um pisca-pisca de LED, o consumo pode cair até 20%. É isso, galera! Com essas dicas, a beleza do Natal e sua segurança estão garantidas. Tá falado!



sexta-feira, 14 de dezembro de 2012
Não se esqueça do animal
Hoje o papo é com quem tem animal de estimação. Nas férias, temos vontade de levar a família toda nos passeios, incluindo os nossos animais. Mas nem sempre é possível, já que muitos lugares não aceitam bichos ou a viagem é muito longa. A solução é deixar o animalzinho em casa. Alguns cuidados têm que ser tomados para que seu companheiro não sofra tanto na sua ausência. Não se esqueça de deixar alguém responsável por ele, de preferência uma pessoa que já tenha contato com o animal e se comprometa a tratar bem dele. Outra solução hoje são os pet shops ou hotéis para animais, onde ele terá contato com outros bichos e será tratado por profissionais. Mas é fundamental visitar as instalações antes. Nada de jogar o animal em qualquer lugar. Um bom estabelecimento será limpo e bem iluminado, com espaço para o animal se exercitar. Nenhum pet ou hotel que se preze aceitará seu bichinho sem que ele esteja com as vacinas em dia. Por último, ligue periodicamente para saber se está tudo bem com seu amigo. Tomando estes cuidados, seu animal de estimação ficará seguro e você poderá passar suas férias tranquilo. Tá falado!


quarta-feira, 12 de dezembro de 2012
Viagem: olho nas ciladas


Uma das maiores dores de cabeça nas férias surge nos pacotes de viagem. Isso porque, se você não prestar bem atenção na hora de fazer o seu, pode acabar com um abacaxi na mão. Para aproveitar ao máximo, é preciso tomar alguns cuidados com os pacotes de viagem. O primeiro é ficar atento na pesquisa de preços. Pacotes muito baratos geralmente dão mais problemas. Anúncios e folhetos devem ter informações claras, como valores cobrados nas locomoções, tipos de passagens, taxas de embarque, se o quarto é duplo ou individual, refeições oferecidas, guias, número exato de dias, entre outras. Não se esqueça de perguntar ao agente de viagem sobre os juros nos pagamentos a prazo e as despesas extras que ficarão por sua conta, para não ser pego de surpresa. E, é claro, procure referências sobre a agência e acesse o cadastro de reclamações do Procon. Em caso de cancelamento da viagem, a agência tem a obrigação de restituir todos os valores pagos corrigidos. Se você precisar cancelar a reserva, comunique por escrito, com a maior antecedência possível. Tomando estes cuidados, a diversão é garantida! Tá falado!


segunda-feira, 10 de dezembro de 2012
Casa segura nas férias


Esta semana falarei sobre um assunto que todos adoram: férias! Com a chegada do tão esperado descanso, muita gente aproveita para colocar o pé na estrada. Só que cresce também o número de assaltos a residências, muitas vezes porque os proprietários deixam a segurança a desejar. É bom tomar certas medidas para tornar a casa mais segura. Primeiro: não conte para todo mundo sobre sua viagem. Pessoas estranhas ou que não gozam de sua confiança não precisam saber que sua casa vai ficar vazia, não é? Mas nada de sair às escondidas. O ideal é informar a um vizinho ou parente próximo e manter contato durante a viagem. Se as férias forem longas, peça que alguém de confiança recolha a correspondência e dê uma varrida na calçada para evitar a cara de abandono. Uma boa pedida é instalar um timer para acender as luzes somente à noite. Como seguro morreu de velho, evite cofres e valores muito altos dentro de casa. Outra dica é reunir os vizinhos e falar sobre a instalação de câmeras nas redondezas ou até contratar um guarda noturno para a ronda nas férias. De resto, é só curtir e aproveitar para recarregar as energias. Bom descanso para todos! Tá falado!



sexta-feira, 7 de dezembro de 2012
De olho nas compras


Todo fim de ano é a mesma coisa: o pessoal deixa as compras de Natal para a última hora e a cidade fica lotada de gente apressada. Para os aproveitadores é ótimo, porque podem meter a mão no bolso dos atrasadinhos, que acabam gastando o que não devem. Por isso é bom arrumar um tempinho antes que seja tarde. Até a primeira semana de dezembro, muitas lojas já começam a oferecer vantagens para quem antecipa as compras. Procurando, é possível encontrar descontos de até 30%, formas de pagamento facilitadas e mesmo brindes. Se você não tiver tempo de garimpar os presentes, uma boa pedida são as compras coletivas e lojas virtuais. É mais cômodo e é possível pesquisar melhor. Outra boa dica é fazer uma lista das pessoas que você pretende presentear e o que dar a cada uma. Isso economiza tempo e dinheiro. Não custa dizer que no Natal o que vale é festejar, ficar com a família e com as pessoas que nos querem bem e se preparar para o ano novo. O presente é apenas uma lembrança. Nada de torrar o 13º em coisas caras ou enfiar o pé na jaca com presentes para todo mundo. Lembre-se que o início de um novo ano vem aí e, com ele, várias contas para pagar. Tá falado!



quarta-feira, 5 de dezembro de 2012
Limite do cartão: cuidado


Natal chegando e a galera sai comprando. O problema é que quando não há planejamento, o cidadão gasta muito mais do que deveria. E um dos maiores vilões desta época é o cartão de crédito. Embora seja uma mão na roda quando o assunto é organizar despesas, é importante usá-lo com sabedoria. As parcelas, à primeira vista, podem parecer pequenas, mas os gastos no cartão podem virar uma bola de neve no fim do mês, fato que deixa muita gente no vermelho antes de o novo ano começar. Uma dica contra a tentação é ficar atento ao limite de crédito, lembrando sempre que ele não representa até quanto você pode gastar. E, caso faça compras pela Internet, use o cartão apenas em sites de confiança e com conexão segura. Cuidado com e-mails falsos que pedem cadastros ou apresentam promoções suspeitas. E é claro que você não é bobo de emprestar seu cartão, né? Cartão de crédito é igual a time de futebol: cada um tem o seu! É isso, galera. O ideal sempre é pagar à vista, porque assim dá para ter um controle maior sobre os gastos. Se já enfiou o pé na jaca, o melhor a fazer é pagar logo o que deve e evitar os juros. Tá falado!



segunda-feira, 03 de dezembro de 2012
Um alerta para o verão


Mesmo que vocês achem repetitivo, vou falar mais uma vez sobre a dengue. Segundo os últimos dados do Ministério da Saúde, graças a vários esforços nas ações de combate ao mosquito transmissor da doença, os casos graves da doença caíram 64%. Apesar disso, 375 cidades estão em situação de alerta, com índice de infestação entre 1% e 3,9%, enquanto 787 registraram índices satisfatórios (menores que 1%). No Sudeste, mais da metade dos focos (59,2%) está nas casas. Como o verão é oficialmente o período predominante de circulação do vírus, é importante que a população se conscientize para evitar uma epidemia. Escapamos esse ano graças à colaboração de todos e ao trabalho dos agentes de saúde. Dengue pode matar e temos de fazer o que é necessário para evitar a proliferação das larvas. Não é difícil se proteger do Aedes Aegypti, basta ter bom senso: proteja caixas d 'água, não deixe baldes e garrafas viradas para cima e coloque areia nos pratos dos vasos de plantas. Mantenha ralos limpos e secos e não se esqueça: lugar de pneu velho é no borracheiro ou no lixo. Não custa nada e é muito importante para ter um verão livre da dengue. Tá falado!



quarta-feira, 28 de novembro de 2012
Tem que abrir os olhos!


Oito em cada dez mortes provocadas por problemas circulatórios poderiam ser evitadas. No Brasil, as conhecidas doenças da modernidade são as que mais matam. Hipertensão, derrame e infarto podem ser evitados com um estilo de vida mais saudável e visitas regulares ao médico. Comer bem, praticar exercícios, não fumar e evitar bebidas alcoólicas são fundamentais para ficar longe do grupo de risco. A saúde é o bem mais precioso que temos, cuide bem dela. O Acidente Vascular Cerebral (AVC) está no topo da lista das principais causas de morte no País. E 72% dos brasileiros não sabem disso, o que aponta a necessidade de conscientização sobre a saúde cardiovascular. Quem sofre um AVC isquêmico (três vezes mais comum que o hemorrágico) tem até quatro horas e meia para ser socorrido e reduzir o risco de sequelas ou morte. É possível reconhecer os sintomas pela sigla SAMU: Sorriso (para verificar desvios na boca); Abraço (para ver se há dificuldade de levantar os braços); e cantar uma Música (para ver se há dificuldade de fala e processamento do cérebro). Não marque bobeira. Um dia todos nós iremos para a cidade dos pés juntos, mas, por enquanto, é bom ficar e aproveitar a vida!



segunda-feira, 26 de novembro de 2012
Diabéticos, cuidem-se!


Soube de uma estatística muito séria e preocupante: segundo pesquisa da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro, 60% dos diabéticos internados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no estado sofrem amputação de membros inferiores. Dos 183 pacientes que participaram da pesquisa, 110 tiveram pés ou pernas amputados. A amputação é mais comum em pacientes de diabetes tipo 2. Por isso é fundamental que os diabéticos examinem os pés todos os dias à procura de calos ou lesões, já que eles têm menos sensibilidade nos membros, devido à alta taxa de glicose no sangue. Os calos são a porta de entrada para a osteomelite, que enfraquece os ossos e prejudica a circulação do sangue. Tem que ficar ligado! No início deste mês, foi realizada na Alerj uma audiência pública para discutir ações para evitar as amputações. Serão encaminhadas ao Ministério da Saúde propostas de melhoria no atendimento a diabéticos no SUS. O governo precisa melhorar essa situação urgentemente e é fundamental que quem sofre com a doença faça sua parte também. Não deixe a situação chegar a um ponto irreversível. Cuide da sua saúde. Tá falado!


sexta-feira, 23 de novembro de 2012
A segurança vem antes


Muitas vezes só damos importância para alguma coisa quando ela para de funcionar ou dá defeito, o que é um erro muito grande. Elevadores, por exemplo, oferecem grande conforto, mas é preciso ficar de olho no bom funcionamento, manutenção e conservação, pois um defeito gera acidentes graves. Por isso, é bom que os condôminos fiquem atentos às datas previstas para a manutenção e verifiquem se a empresa contratada para o serviço é séria e tem plantão em caso de emergência. É bom tomar cuidado com preços muito baixos para não comprar gato por lebre. Lembre-se de que é a segurança de todos os usuários do elevador. Uma grande preocupação dos especialistas é em relação a edifícios muito antigos, onde os condôminos costumam 'fechar a mão' e não trocam o equipamento por um mais moderno devido ao custo. Mas a troca por um sistema atualizado traz outros benefícios, como a redução na conta da energia e a menor despesa com peças. Por isso, se o elevador de seu prédio para frequentemente ou dá muito gasto com manutenção, já passou da hora da modernização. Nada de gambiarra no elevador. Tá falado!


quarta-feira, 21 de novembro de 2012
Empatar porta não dá!



Estou cansado de falar das deficiências da Supervia. O serviço prestado não supre a necessidade da população e muita coisa precisa melhorar. Os problemas são frequentes e ninguém aguenta mais tanto descaso. Mas será que a culpa é só da concessionária? Não é raro encontrar trens circulando com as portas abertas. Muitos passageiros impedem o fechamento das portas com as mãos ou objetos. De acordo com a Supervia, impedir o fechamento de portas de uma composição é considerado crime, uma vez que põe a vida e a saúde de outras pessoas em perigo iminente, conforme o Código Penal. O infrator pode pegar uma pena de três meses a um ano de prisão. Se liga, empata portas, para não segurar uma jaca manteiga! Essa atitude atrasa a viagem de todos, pois, por medida de segurança, o trem anda abaixo da velocidade normal. Com isso, amigos, todos saem prejudicados. Uma viagem que duraria em média 50 minutos leva mais de uma hora para concluir o trajeto. Agentes da Supervia com o apoio da Polícia Militar realizam diariamente a Operação Portas Fechadas. As pessoas que são flagradas cometendo a irregularidade são encaminhadas para a delegacia e respondem criminalmente. O Regulamento de Transporte Ferroviário permite que o passageiro seja retirado do trem ou impedido de embarcar caso tenha "atitudes inconvenientes", como manter as portas abertas durante a viagem. Cerca de 80% dos defeitos nas composições são nas portas. Por mês, aproximadamente quatro mil portas são danificadas. O gasto para o conserto gira em torno de um milhão de reais por ano. O desperdício é grande. Com o dinheiro gasto seria possível comprar 1 trem a cada 8 anos. Vamos colocar a mão na consciência e pensar no coletivo. Ta falado!


quarta-feira, 14 de novembro de 2012
Universidade insegura


Tenho recebido muitas reclamações sobre a falta de segurança no campus Maracanã da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). O episódio mais recente foi o suicídio de um rapaz de 22 anos, que se jogou de uma das rampas da instituição, semana passada. Ele não era aluno. Outro caso gravíssimo foi a tentativa de estupro de uma aluna num banheiro feminino: um homem tentou agarrá-la ao sair da cabine. Por sorte, abriram a porta do banheiro, e ele fugiu, sem que ninguém o impedisse. Ambos os casos denunciam a falta de segurança. A Uerj é uma das maiores faculdades do Rio e não é qualquer estudante que consegue vaga lá. Seus alunos não merecem enfrentar tamanha precariedade. É necessário reforçar a segurança em pontos estratégicos e também nos corredores e rampas. Sei que é impossível garantir que apenas alunos entrem na universidade, mas justamente por isso é fundamental que haja pessoas atentas às atitudes de quem circula por lá. Os agentes precisam estar preparados para todo tipo de situação. Faço aqui um pedido à Reitoria da Uerj para que reforce a segurança. Isso é um direito dos estudantes. Caso contrário, tomarei providências. Tá falado!


segunda-feira, 12 de novembro de 2012
Aprenda a economizar


Você também acha que tem muito mês pra pouco dinheiro? Pois mudar hábitos pode fazer diferença no orçamento. Ao usar energia elétrica de forma consciente, você ajuda seu bolso. O primeiro passo é comprar eletrodomésticos com o selo Procel, garantia de que o aparelho consome menos. Aparelhos ligados em stand-by também gastam. Tire-os da tomada! A iluminação representa de 15 a 20% do valor da conta, e hoje as lâmpadas mais econômicas são as de LED. Evite acendê-las durante o dia, abra janelas, cortinas, persianas e deixe o sol entrar. Limpe sempre luminárias e lustres e certifique-se que a iluminação é adequada. Instale a geladeira em local ventilado, longe de paredes ou móveis, de raios solares e de fogões e estufas. Não use a parte de trás para secar roupas e não se esqueça de verificar se a borracha da porta está em bom estado. O chuveiro pode representar até 35% da conta. Por isso, nos dias quentes, use-o na posição ‘Verão'. Banhos demorados custam caro. Outra dica importante: evite ligar muitos aparelhos e lâmpadas das 18h às 21 h. Com algumas mudanças, quem sabe não sobra um dinheiro? Até porque o reajuste da tarifa foi de absurdos 12%! Tá falado!



sexta-feira, 9 de novembro de 2012
O bicho vai pegar!


Os cães da PM têm sido motivo de orgulho para a corporação e a população. O cão é o melhor amigo do homem - mas nesse caso dos homens de bem, porque para a bandidagem eles são um pesadelo. Principalmente, quando usam seu faro em busca de drogas. Para alcançar o bom desempenho, cães e policiais do Batalhão de Ações com Cães (BAC) treinam todos os dias. As equipes são divididas nas especialidades busca e salvamento, choque, intervenção tática e farejadores de armas, drogas e explosivos. Os policiais do BAC têm amizade, companheirismo e lealdade com os cães desde o adestramento, e compreendem que eles são ferramenta de trabalho, mas também seres vivos que precisam de carinho e atenção. Desde a ocupação do Jacarezinho e de Manguinhos, os cães vasculham as comunidades em busca de armas, drogas e explosivos. Para ter uma ideia do trabalho desses policiais de quatro patas, em 10 meses, 1,5 tonelada de drogas foi apreendida pela unidade. E o BAC vai aumentar o plantel de animais de 69 para 160 até 2014. Termino com um recado para a bandidagem: não adianta esconder o bagulho, cedo ou tarde a cachorrada vai achar! Tá falado!



quarta-feira, 7 de novembro de 2012
Ter um bicho é uma boa


Muitos pais ficam receosos quando os filhos pedem um animal de estimação, mas os bichinhos podem fazer muito bem ao desenvolvimento das crianças. Cuidar de um cachorro, por exemplo, vai ensinar os pequenos a terem horário para alimentar e levar para passear. A criança cria responsabilidade. Além disso, os animais são amigos fiéis e trazem grandes alegrias. Animais também ajudam a estimular as crianças. Os bebês desenvolvem a coordenação motora ao tentar acariciar um bicho, aprendem a controlar a força e treinam o engatinhar e o andar ao seguir o animal. Brincar com os bichinhos desestressa filhos e pais também. A criança aprende a exercer autoridade: pois recebe ordens dos adultos, e com o animal pode mandar e desmandar. A convivência com animais ativa áreas do cérebro relacionadas às emoções, o que provoca bem-estar. Cuidar do bicho torna o dono mais solidário e afetivo. Mas é fundamental que um adulto se responsabilize por ele também. Então, se seu filho pedir um bichinho, pense com carinho. Pode ser um ótimo presente de Natal. Apenas tenha certeza de que o bicho é dócil e de que seu filho não seja alérgico. Tá falado!


segunda-feira, 5 de novembro de 2012
Poliçada nota dez!


Mais um exemplo de solidariedade e empenho da nossa poliçada. Uma equipe de voluntários da Polícia Militar oferece sessões de terapia com cavalos em Campo Grande. Normalmente, esse tipo de tratamento só é encontrado em centros especializados e custa em torno de R$10 mil. Graças a essa bela iniciativa, o tratamento sai de graça no Centro de Equoterapia do Regimento de Polícia Montada (RPMont). As sessões acontecem uma vez por semana desenvolvem coordenação motora, equilíbrio, psicomotricidade e alongamento. A iniciativa é muito bacana e merece nossos aplausos. Hoje, 29 pessoas são atendidas e em 2013 o número de atendimentos triplicará. Para se candidatar basta telefonar para 2333-6939 ou enviar e-mail para equoterapiarp-mont@hotmailcom. Parabéns a todos os que se empenham num projeto tão importante. Gostaria que o trabalho da nossa poliçada fosse cada vez mais reconhecido. Sei o valor da PM e é através desses gestos que fica evidenciado o carinho e a preocupação da instituição com a população. Confio e admiro cada vez mais a Polícia Militar do Rio de Janeiro. Parabéns! Tá falado!



quarta-feira, 31 de outubro de 2012
Preço alto, serviço ruim


Tudo indica que a partir de janeiro o Rio terá a passagem de ônibus mais cara do Brasil. Mas o preço é compatível com a qualidade do serviço? Muitos ônibus rodam caindo aos pedaços. Em 2011, quase metade da frota foi reprovada na fiscalização. Além da superlotação e do desrespeito, há falta de segurança: em muitos ônibus, as portas sequer fecham. Já imaginou o perigo? Sem falar nos motoristas que param fora do ponto e obrigam o passageiro a descer entre os carros. Uma pesquisa apontou que 84% dos coletivos têm multas, mas, misteriosamente, 36% dos responsáveis pelas infrações não perderam pontos na carteira. De janeiro a junho, 27 mil notificações ficaram sem identificação dos condutores. É mole? Meu recado para as empresas de ônibus: não adianta tentar evitar que os motoristas percam a habilitação. Um dia a casa cai! E para a população: denuncie! O motorista não atendeu ao sinal de embarque e desembarque? Reclame! Alterou o itinerário ou transportou passageiros em excesso? Bote a boca no trombone! Anote o número de ordem, linha e horário. Ninguém merece pagar caro por um serviço ruim. Espero que as coisas mudem. Tá falado!



segunda-feira, 29 de outubro de 2012
Fiquem de olho no Enem


O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) está chegando, e muitos jovens fazem a mesma pergunta: estou preparado? Pois é, galera, o caminho é duro para se dar bem. Uma coisa é certa: quem corre atrás desde cedo leva vantagem sobre os demais. Este ano, mais de 5 milhões de estudantes deverão fazer as provas nos dias 3 e 4. Por isso, é bom seguir certas regras. Uma ótima forma de chegar afiado é estudar as provas anteriores, que podem ser baixadas em www.enern.inep.gov.br/index.html. Assim dá pra ler uma ideia do que costuma cair. Outra parte importante é a redação. Para não ter problema, é preciso estar ligado nos principais assuntos do cotidiano. Ler jornais e revistas, assistir aos telejornais e conversar com pessoas que tenham um conhecimento mais amplo são boas dicas para não ficar a ver navios. No dia da prova, saia de casa mais cedo para evitar incidentes. É obrigatório ter em mãos documento original com foto e o cartão de confirmação da inscrição. Preste atenção, escreva com calma e administre o tempo. Não deixe o nervosismo tomar conta. Lembre-se: para quem se dedicou aos estudos, não há o que temer. Tá falado!



sexta-feira, 26 de outubro de 2012
Lixo eletrônico: recicle!


Muita gente não sabe, mas jogar equipamentos eletrônicos no lixo comum pode causar sérios danos à saúde. O mercúrio, muito utilizado em monitores, baterias e pilhas, por exemplo, pode causar danos cerebrais e ao fígado. Já o chumbo, componente mais usado em computadores e celulares, causa náuseas, perda de coordenação e memória. Em casos mais graves, o contato com essas substâncias pode levar ao coma e à morte. Isso sem falar no impacto ambiental que estes descartes irregulares provocam: se uma dessas peças cair no solo ou na água, é poluição na certa. Segundo relatório da ONU, o lixo eletrônico descartado por pessoa, no Brasil, equivale a meio quilo por ano. Por isso, é preciso ter consciência ao se livrar destes objetos. Por lei, fabricantes de celulares e baterias são obrigadas a recolher modelos sem uso, em qualquer ponto de venda. O descarte pode ser feito também em empresas e cooperativas de reciclagem. Outra opção é doar equipamentos em boas condições para inclusão digital. Além de não contaminar o meio ambienta o ato ajuda a quem precisa. Vamos agir com consciência e responsabilidade. O planeta agradece! E tá falado!


quarta-feira, 24 de outubro de 2012
Fogo na mata: cuidado!

Um levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) me deixou muito preocupado: o número de focos de incêndio em áreas de proteção ambiental cresceu 62% este ano. De janeiro a setembro, foram registradas 10.864 queimadas, que destruíram 8,5 mil quilômetros quadrados de vegetação apenas em unidades federais de conservação. O aumento dos focos está relacionado com o calor e o clima seco, mas também se deve às queimadas criminosas. O fogo se espalha rapidamente em locais com temperatura acima de 47 graus e área a partir de 900 metros quadrados. É preciso acionar os bombeiros assim que o incêndio for notado. O Rio tem a maior floresta urbana do mundo e muitas áreas de vegetação perto de comunidades. Temos que tomar cuidado para preservar a vegetação e também as pessoas. Uma pequena fogueira feita em área de mata pode se alastrar e queimar grandes extensões. Quem costuma botar fogo em folhas secas, jogar cigarro aceso na mata ou soltar balões precisa se conscientizar de que isso é perigoso. Se você conhece alguém que tenha o hábito de fazer fogueiras, soltar balões ou queimar coisas denuncie, porque isso é crime. Tá falado!



segunda-feira, 22 de outubro de 2012
Sem remédio não dá!


Segundo o Ministério da Saúde, a tuberculose é a quarta causa de óbitos por doença infecciosa, e a primeira entre pacientes com Aids no País. Os investimentos do governo federal no controle da doença aumentaram 14 vezes nos últimos 9 anos, mas mesmo assim ainda há uma endemia. E se a doença não for tratada a tempo, o paciente morre. Tosse por mais de três semanas é o principal sintoma da tuberculose. Qualquer pessoa com este sintoma deve procurar uma unidade de saúde e, caso confirmada a doença, o tratamento deve ser iniciado imediatamente. A cura só vem após 6 meses ininterruptos de tratamento, que é oferecido gratuitamente. Agora o papo é com as autoridades de saúde no Rio. Se o tratamento é de graça, por que alguns postos de saúde do município, como o Clementino Fraga, em Irajá, estão sem o remédio? Isso é um absurdo! Um posto de saúde não pode ficar sem remédios que são de direito da população. É inadmissível que pacientes com doenças infectocontagiosas fiquem sem remédios que irão salvar suas vidas e impedir a contaminação de outras pessoas. Estou de olho e tenham a certeza que não vou ficar calado. Tá falado!


sexta-feira, 19 de outubro de 2012
Leishmaniose se espalha


Hoje vou falar sobre uma doença de nome esquisito, mas que está se tornando cada vez mais comum: a leishmaniose, um mal típico de áreas rurais que vem chegando às cidades. A doença tem duas formas, cutânea e visceral, ambas transmitidas por um mosquito conhecido como palha ou birigui. Os sintomas da leishmaniose cutânea são elevações na pele, vermelhidão, feridas cobertas por crosta ou secreção e inflamação no nariz e na boca. Na forma visceral, há febre irregular e prolongada, anemia, indisposição, palidez, falta de apetite, perda de peso e inchaço no abdômen. Aqui, a Secretaria estadual de Saúde está de olho na região do Caju e nos municípios de Barra Mansa e Volta Redonda, onde já houve casos da doença. A leishmaniose está ligada a condições precárias de moradia, e animais silvestres e domésticos se tornam hospedeiros do parasita quando picados. O tratamento da leishmaniose é difícil, pois o remédio é muito tóxico e seu uso precisa ser monitorado. Use repelentes, inseticidas, mosquiteiros e telas, mantenha o quintal limpo, evite caminhar com o cachorro à noite e proteja os animal de estimação contra picadas de insetos. Tá falado! 

quarta-feira, 17 de outubro de 2012
Salve vidas: doe sangue! 


A doação de sangue é um ato de solidariedade que salva muitas vidas. Apesar de ser um procedimento simples e indolor, o Hemorio vem enfrentando problemas para manter o estoque, e, com a chegada de mais um feriado, a situação piora. Cresce o número de pessoas vindo para o Rio, e muitos acidentes acontecem. Por isso, eu peço novamente: ajude o Hemorio. Segundo a Organização Mundial de Saúde, é necessário que 5% da população doe sangue regularmente, mas no Brasil o número é apenas a metade disso. Em geral, as pessoas alegam falta de tempo para doar sangue ou até que não sabiam que havia pessoas precisando. Isso é muito ruim, pois neste exato momento há muita gente dependendo da sua boa ação para sobreviver. Doar sangue não é nenhum bicho-papão. Todo o material utilizado na coleta é descartável, e o ato não dura nem meia hora. Cada bolsa de sangue salva pelo menos três pessoas. O Hemorio fica na Rua Frei Caneca 8, no Centro do Rio, e funciona das 7h as 18h, inclusive nos fins de semana e feriados. É isso aí, galera! Vamos fazer esse mutirão do bem e ajudar a levantar esse estoque! Tá falado!



segunda-feira, 15 de outubro de 2012
Crack, a droga da morte


Muitas famílias enfrentam diariamente a luta contra o crack. O percurso é cheio de armadilhas e só quem convive de perto com o problema sabe o quanto é difícil. Não à toa o crack é conhecido como a droga da morte. De 2006 a 2008, o número de usuários com renda familiar acima de R$ 10 mil aumentou 139,5%. Por conta da velocidade, a droga já é considerada pelo Ministério da Saúde uma epidemia. Se liga nessa! O efeito é devastador e em pouco tempo o pesadelo começa. O usuário emagrece rápido, já que a droga inibe o apetite e provoca náuseas. O crack também causa envelhecimento, perda de memória, doenças pulmonares, infarto, degeneração dos ossos e impotência sexual. Cerca de 30% dos usuários morrem em até 5 anos. Para sustentar o vício, a maioria começa a roubar. A chance de recuperação de adolescentes é maior do que a de adultos, mas nenhum caso é perdido. O apoio da família é imprescindível. Muitos parentes de usuários admitem estar cansados e sem esperança. A situação é complicada, mas é preciso ter força. Vale a pena passar por isso? Não entre nessa furada. Crack mata! Tá falado!



quarta-feira, 10 de outubro de 2012
Um dia para a criançada!


O Dia das Crianças está batendo na porta e é bom estar preparado para agradar a garotada. Se a grana está curta, não tem problema: o que vale é demonstrar todo amor, carinho e dedicação. Um piquenique, um passeio no parque ou um filminho com pipoca com certeza são atividades que deixarão os pequenos muito felizes. Mas se sobrou um dinheirinho, o moleque está merecendo e você quer dar um mimo, vou dar algumas dicas. Tudo o que compramos tem que seguir normas para garantir a qualidade e a segurança. Portanto, certifique-se de que o brinquedo tem o selo do Inmetro, o que garante que ele passou por testes. Outro cuidado importante é a faixa etária adequada para o brinquedo. Peças pequenas podem ser facilmente engolidas, enfiadas no nariz ou nos ouvidos. Não marque bobeira! Os brinquedos não podem ter pontas ou objetos cortantes. Para quem não sabe: comprar brinquedos falsificados ou importados de maneira ilegal é extremamente arriscado. A apresentação do cupom fiscal facilita no caso de necessidade de troca. Nada paga a certeza de estar presenteando a criançada com algo saudável, seguro e de qualidade. Tá falado!



segunda-feira, 8 de outubro de 2012
Os trens viraram sucata


Os problemas que o povo enfrenta ao andar de trem não são novidade para ninguém: superlotação, atrasos, falta de manutenção, entre outros. Porém, nas últimas duas semanas houve batidas, atropelamentos e até descarrilamentos, que deixaram dezenas de feridos. O que está acontecendo, Supervia? A população do Rio não merece tanto descaso. Nosso sistema ferroviário está velho e precisa ser melhorado urgentemente. A maior parte dos trens tem mais de 30 anos e, por causa disso, tem defeito constantemente. Só em 2012, a Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes (Agetransp) já instaurou mais de 20 processos e multou a concessionária em R$ 2,4 milhões nos últimos dois anos, dos quais foram pagos apenas R$ 321 milhões, o restante foi inscrito na dívida ativa do Estado. A Supervia prevê que apenas em 2014 os 49 trens mais antigos sejam trocados. Os usuários não param de reclamar e a imprensa está em cima, mas talvez esteja faltando uma punição maior. A população não pode enfrentar mais esses transtornos. Alguma coisa precisa ser feita com urgência. Tá falado!



sexta-feira, 5 de outubro de 2012
Crimes virtuais: cuidado!



Sabiam que oito em cada dez brasileiros já sofreram golpes pela Internet? Pois é, a cada dia, 77 mil pessoas são vítimas de fraudes com conta corrente, compras não entregues, links que corrompem o computador, invasão de perfis em redes sociais e até xingamentos online. Ninguém merece passar por isso! Para evitar esses perrengues, mantenha sistema operacional e antivírus atualizados, não abra e-mails de estranhos nem clique em documentos suspeitos recebidos. Escolha senhas contendo números e letras maiúsculas e minúsculas, sempre se desconecte após usar sites que pedem login, só compre pela Internet de empresas de confiança e evite expor dados pessoais em sites desconhecidos. Se, mesmo tomando esses cuidados, você for vítima de golpe cibernético, procure a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DR-CI). A poliçada está se especializando cada vez mais e hoje em dia já é fácil identificar os criminosos. Denuncie sempre, assim a polícia conhece os novos golpes e pode tomar providências. O prejuízo anual provocado por esses crimes no Brasil é de mais de R$ 120 bilhões. É muita grana! Quem apronta essas coisas não pode ficar impune. Tá falado! 


quarta-feira, 3 de outubro de 2012
União para melhorar


A união faz a força! De quem é a frase eu não sei, mas que ela é certa, isso é. O problema é que nem todo mundo acredita nisso. Grande engano, porque um povo unido jamais será vencido. Precisamos aprender que tudo que é feito em grupo na maioria das vezes tem resultados melhores e mais rápidos. Mas há um detalhe: para correr atrás é preciso saber exatamente quais são seus direitos e deveres. Reivindicar em grupo é importante e funciona! Apoio toda forma de luta por direitos, desde que seja feita de forma ordeira e pacífica. Seu direito termina onde começa o direito do próximo. Nada de ficar de braços cruzados! Se vir algo errado no bairro, na rua, fale com vizinhos, faça abaixo-assinados, proteste. Caso não haja associação de moradores, é bom criar uma. Em março, falei aqui na coluna sobre a reivindicação dos moradores do IAPl da Penha,que fizeram abaixo-assinado para conseguir uma academia da terceira idade na Praça Santa Emiliana. O pedido foi publicado aqui e fico feliz em saber que o pleito foi atendido. É isso! Unidos vamos longe. Há uma expressão popular de que não podemos esquecer: a voz do povo é a voz de Deus. É a pura verdade. Tá falado!



segunda-feira, 01 de outubro de 2012
Esclarecimento e recado


O papo hoje é reto! Não interessa se é amigo ou familiar: usou meu nome para tentar se dar bem, prenda; e se for meu parente, dê também uma coca! Estamos em época de campanha eleitoral e teno ido às cidades onde apoio candidatos a prefeito. Caxias, Niterói, Itaboraí, Friburgo, Paulo de Frontin, Mesquita, Belford Roxo e Paracambi são da coligação do meu partido e também vou visitar. Uma coisa: se vacilar, seja do meu partido ou não, eu vou escrachar! Os vereadores que estou apoiando são do Rio — entre eles meu filho, é claro — e de Meriti, Queimados, Friburgo, Guapimirim e Paulo de Frontin. Fora isso, se alguém estiver usando meu nome ou minha voz, não acreditem. Não bota minha voz nem minha cara sem autorização que eu não deixo barato! Tem muito espertinho que bate uma foto comigo e depois usa em fotomontagem. Mentira tem perna curta! 



sexta-feira, 28 de setembro de 2012
Debandada na educação


Pesquisa do Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) revelou um dado triste e assustador: por dia, somente em agosto, cinco professores pediram exoneração da rede estadual. Se for somado o número de mestres que se aposentaram nestes dois meses, são menos 14 profissionais por dia. É um absurdo! Os colégios do estado estão perdendo professores, e as crianças acabam ficando sem estudo. O principal motivo da debandada é a baixa remuneração. O piso salarial é de apenas R$ 1.080. Entre junho e agosto, os professores fizeram greve por aumento de 26% — a Alerj aprovou reajuste de 5%, que já ajuda, mas ainda é muito pouco. Nossos professores merecem mais. Valorização já! Não me canso de repetir que os professores são os responsáveis por formar as futuras gerações e merecem salários dignos para poderem se dedicar exclusivamente a uma escola e a seus alunos; assim as crianças aprenderão muito mais. Nós não podemos esquecer que quando ele chega em casa o trabalho não acaba, então a carga horária tem que ser menor. Só assim a educação no estado vai melhorar. Nossos professores merecem ser valorizados. Tá falado!



quarta-feira, 26 de setembro de 2012
De olho no desperdício


A falta d'água, infelizmente, é um problema recorrente no Estado. O verão ainda nem chegou, e a secura já começou! Não é mole, não! Todo dia, recebo dezenas de e-mails com a mesma reclamação: nada de água. Viver de torneiras secas é muito difícil. O fornecimento irregular atrapalha, e só quem passa por essa situação sabe o quanto é desgastante. Eu conheço as deficiências do fornecimento de água na cidade e sempre cobro os responsáveis por uma solução. Não marco bobeira, estou sempre de olho! Mas a verdade é que, com a estiagem e o calor, a população tem que ajudar. Hoje o meu apelo é para você que quer (e deve!) colaborar com o bem estar de todos: economize água. Faz bem para todo mundo! Pequenas mudanças no dia a dia fazem a diferença no bolso e na natureza. Um banho demorado gasta 180 litros de água, e escovar os dentes com a torneira aberta significa jogar fora 25 litros. Cuidado! Troque a mangueira pelo balde na hora de lavar o carro e use a água do aquário para regar as plantas: essa água é rica em nitrogênio e fósforo, o que faz muito bem às plantas. Reaproveitar a água é tudo de bom! Procure outras dicas e divida com vizinhos e amigos. Faça sua parte! Tá falado!



segunda-feira, 24 de setembro de 2012
Carro: solução ou problema?


Todo mundo quer ter um carro. É aquela velha história de liberdade e prestígio pessoal. Para muita gente, um automóvel não passa de luxo desnecessário. E o bagulho fica doido, pois o cidadão sai da concessionária com a chave numa mão e uma conta que não poderá pagar na outra. Por isso é importante colocar na balança se você realmente precisa ou não do carro. O veículo só deve ser prioridade se você depende dele para trabalhar. Do contrário, a chance de ficar com um mico na mão é grande. Há pessoas que sequer têm casa própria, mas já possuem carro. O que eles não sabem é que o gasto com o veículo em 3 anos pode custar a realização do sonho da casa própria. Somando o que foi pago na compra e na manutenção, pode-se chegar a incríveis R$ 12.149 por ano. Por isso é importante pensar antes de enfiar o pé na jaca. Embora o transporte público seja deficiente, nesses casos ainda é a melhor opção. Pense bem antes de ir à concessionária. Caso decida adquirir um veículo, procure um à altura do que você pode pagar. E tome cuidado com as parcelas em longo prazo. Nada de ficar se endividando ou pagando o almoço pra sonhar com a janta. Tá falado!


sexta-feira, 21 de setembro de 2012
Que é isso, gordinhos?


Sabia que quase metade dos brasileiros está acima do peso? Só no Rio, 15% dos homens são obesos. Esses dados preocupam, pois há inúmeras doenças relacionadas à obesidade. Segundo a Organização Mundial de Saúde, a taxa de mortalidade entre homens obesos de 25 a 40 anos é 12 vezes maior do que entre os homens com peso normal. Ser saudável não é privilégio de pessoas magras, saradas e musculosas: gordinhos também têm chance. Todo mundo pode mudar a sua história, basta querer. O objetivo principal é ter saúde, o corpo 'ideal' é consequência. A prática de exercícios por pessoas acima do peso pode torná-las tão saudáveis quanto as mais magras. Pesquisa da Universidade Granada, na Espanha, concluiu que obesos que fazem exercícios reduziram em 38% a possibilidade de morte por problema cardíaco ou câncer. Isso ocorre porque o exercício aeróbico controla a pressão e regula a resposta à insulina, além de ajudar na perda de peso e contribuir para o fortalecimento dos ossos e das articulações. Ser magro é detalhe, importante é ter saúde! Dedique 30 minutos à caminhada, pois quem caminha tem 40% menos risco de problemas cardíacos. Tá falado!



quarta-feira, 19 de setembro de 2012
A novidade da pipoca


Quem nunca dividiu uma pipoquinha no cinema? Eu adoro. Sabiam que, além de um tira-gosto saboroso, a pipoca ajuda a retardar o envelhecimento? A boa notícia vem de uma pesquisa da Universidade de Scranton, nos Estados Unidos. Segundo os pesquisadores, trocar uma fruta por uma porção de pipoca de vez em quando pode ser uma opção não só gostosa como também mais saudável. O estudo aponta que a pipoca tem mais polifenóis — antioxidantes responsáveis pela diminuição dos radicais livres, que causam o envelhecimento — que as frutas e vegetais, além de ser rica em fibras. É lógico que não vamos enfiar o pé na jaca por causa disso. Nada de deixar as frutas e legumes de lado e viver à base de pipoca, que, por outro lado, não contém vitaminas e nutrientes importantes. Outra coisa: para proporcionar benefícios à saúde, a pipoca deve ser consumida de forma saudável. Não adianta nada carregar na manteiga e encher de bacon e queijo. Aí, o bagulho fica doido! As versões de micro-ondas também estão fora do cardápio saudável. É isso aí, a pipoca tá liberada, desde que sem exageros e feita de forma adequada. Tá falado!



segunda-feira, 17 de setembro de 2012
Arte a céu aberto no Rio


Quem passa pela Praia de Botafogo se surpreende com a escultura de 12 metros, em forma de cabeça, que parece flutuar sobre o mar. A obra 'Olhar Nos Meus Sonhos', feita de resina e mármore triturado, foi criada pelo arquiteto e escultor espanhol Jaume Plensa e integra a mostra Outras Ideias para o Rio (OIR), que está transformando os mais conhecidos cartões postais da cidade em museu a céu aberto. Outras obras estão na mostra, como o 'Labirinto de Vidro', na Cinelândia, e a escultura 'Cascasa', no Parque de Madureira. A mostra, que voltará em 2014 e 2016, vem atraindo admiradores que, assim como eu, são apaixonados pela cidade. É muito legal que o Rio receba estes eventos. Não há lugar melhor para se fazer uma mostra de arte como essa, a céu aberto. Por falar nisso, acho que a iniciativa deveria ser mais explorada por nossos governantes. Além de deixar o Rio mais bonito, esses projetos atraem turistas e colocam a imagem da cidade em evidência. Só fico triste em ver tão poucos brasileiros envolvidos na criação das obras. Temos muitos artistas de talento, que poderiam dar uma bela contribuição ao projeto. Vamos trabalhar para mostrar a nossa cara. Tá falado!



sexta-feira, 14 de setembro de 2012
Violência desmedida


Mais uma vez, o Rio de Janeiro ficou chocado com a violência da badi-dagem. Esta semana, em um mesmo lugar, oito pessoas foram assassinadas, e uma está desaparecida num banho de sangue promovido por traficantes da Favela da Chatuba, em Mesquita. A maioria dos mortos era jovem. Gente simples, começando a vida. O crime deixou todos nós abalados e muitas famílias destruídas. Um absurdo provocado por monstros que pagarão bem caro pelo que fizeram. A polícia ocupou a região e, pelo que conheço da poliçada que está lá, esses idiotas não ficarão impunes. A população e as forças de segurança estão unidas para botar os assassinos na cadeia. Eles têm que pagar pelos crimes que cometeram. A poliçada está na cola deles e suspeitos já foram presos. Então, se liga aí, marginal! A casa vai cair! Acabou a palhaçada de vocês, e a população de lá vai ter dias melhores. A Chatuba será o primeiro lugar da Baixada a ganhar uma Companhia Destacada da PM, e esse é o primeiro passo para pacificar a região. A população deve continuar ajudando e denunciando esses assassinos. Ligue para o Disque-Denúncia (2253-1177). É seguro, garanto! Tá falado!

quarta-feira, 12 de setembro de 2012
Dívidas: o pesadelo


Você sabia que a cada segundo o sistema financeiro brasileiro aprova 15 financiamentos de mais de R$ 1 mil? É coisa pra caramba! Cerca de 60 milhões de brasileiros têm dívidas. Pesquisa da Fecomércio aponta que mais da metade dos brasileiros tem entre 11% e 50% da renda comprometida com dívidas. O cartão de crédito, grande aliado na hora das compras, é o maior responsável por esse endividamento. Quem refresca bunda de pato é lagoa, amigo! O cartão, ao contrário do que muitos pensam, é o grande vilão dos orçamentos familiares. Para não cair nessa cilada, a primeira coisa é se organizar. Elabore um orçamento familiar e tente manter uma reserva para emergências. O limite do cartão de crédito tem que ser inferior ao rendimento. Não use cheque especial e dê preferência às compras à vista. E incorpore a palavra 'não' ao vocabulário: crianças, por exemplo, devem aprender desde cedo que dinheiro não dá em árvore. Não se deixe levar por promoções e liquidações. Antes de comprar, negocie e peça desconto. Pechinchar é uma arte! Nada como colocar a cabeça no travesseiro sem dívidas, certo? Pensem: quem se livra das dívidas enriquece. Tá falado!



segunda-feira, 10 de setembro de 2012
O descaso com a saúde


A palavra que melhor define a situação da saúde pública no Estado atualmente é descaso. Os municípios não investem o suficiente, e, por isso, os pacientes precisam migrar para outras cidades para conseguir atendimento. Segundo dados do Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Saúde, 15 municípios fluminenses investiram em 2011 menos de R$ 1 por dia por pessoa em saúde. Por causa desse baixo orçamento, os hospitais não têm leitos suficientes, e os doentes procuram ajuda em outros municípios. Entre as 15 cidades que menos gastaram com atendimento per capita no ano passado, São Gonçalo é a pior de todas: foram apenas R$ 0,57 por dia por paciente. Em Mesquita, a situação é gravíssima. O único hospital da cidade fechou há um ano e está abandonado. Não há leitos para atender a população. A legislação determina que cada município gaste pelo menos 15% da receita com saúde, e estas cidades estão bem próximas do mínimo. Nem a capital escapa. O Rio gastou apenas R$ 1,27 por pessoa por dia. Municípios, estados e União precisam se unir para solucionar o problema. Os pacientes não podem mais enfrentar essas condições precárias. Tá falado!



sexta-feira, 07 de setembro de 2012
Você confirma seu voto?


Chegou a hora de escolher os prefeitos e vereadores que vão guiar as cidades do País nos próximos quatro anos. A escolha vai interferir diretamente na sua vida, por isso merece cuidado e atenção. Você se lembra em quem votou nas eleições de 2008? Se a resposta for sim, parabéns, porque a maioria dos eleitores não lembra. Escolher um representante é dar a ele o poder que pertence a cada cidadão. Já pensou nisso? É preciso saber o que o candidato faz, já fez, como se relaciona com a comunidade e se tem problemas com a Justiça. Outro fator relevante são as as famosas promessas. Ele vai conseguir cumpri-las? Por isso é bom estar ligado: o futuro do país está em nossas mãos! Pode parecer clichê, mas não é: vote consciente! Outra coisa: compra devotos é ilegal, assim como boca de urna. Nada de trocar o seu voto por dentadura! O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) está de olho e lançou o Disque-Denúncia Eleitoral. O objetivo é que os eleitores possam denunciar possíveis irregularidades dos políticos. Os números 3513-8144 e 3513-8249 aceitarão ligações a cobrar, inclusive por celular. O recado está dado. Espero que cada um faça a sua parte. Tá falado!

quarta-feira, 5 de setembro de 2012
Pela saúde de qualidade



A questão da saúde já se arrasta há muito tempo no Rio de Janeiro e em todo o País. A Baixada Fluminense, por exemplo, está um caos. O povo não tem a quem recorrer e se desloca em busca de atendimento em outros hospitais da capital, que também não têm condições adequadas para receber todo mundo. O bagulho é doido e, enquanto isso, a população sofre. O número de leitos não é suficiente. Cansamos de ver pacientes em macas nos corredores dos hospitais. Não é possível que os governantes ainda não tenham entendido que é preciso construir hospitais bem equipados, realizar concursos para a saúde e pagar salários mais dignos. É tudo uma questão de planejamento e boa vontade. Durante algum tempo, tivemos as policlínicas, que funcionavam muito bem e atendiam as demandas, mas agora quase não ouvimos falar delas. A situação virou uma grande bola de neve. Um problema leva a outro. É preciso chamar a atenção de todos os órgãos do governo para que haja mais investimentos na saúde, na educação e na segurança. Só assim teremos realmente um Brasil melhor. Tá falado!



segunda-feira, 3 de setembro de 2012
De olho nas organizadas


A violência entre as torcidas organizadas tem me preocupado muito. A PM reforçou o patrulhamento no entorno dos estádios e as brigas migraram para outros bairros. Essas agressões estão se tornando muito frequentes e cada vez mais graves: este ano, dois torcedores foram assassinados! O Ministério Público não dá mole pra Kojak e já proibiu as torcidas Jovem Fla e Força Jovem de frequentarem os estádios por 6 meses. A bola da vez é a Young Flu. Semana passada, 21 torcedores foram presos por agredir dois vascaínos. Esses bandidos se associam às organizadas para se misturar à multidão e cometer crimes. Mas a poliçada tá de olho e vai identificar os brigões. Policiais de oito delegacias especializadas vão combater a violência entre torcidas. Também foi criada uma seção do Disque-Denúncia (2253-1177) para informações sobre agressões entre torcedores. É fundamental identificar esses criminosos e proibir a entrada deles nos estádios. Se você tiver qualquer informação sobre esses crimes, denuncie. Não deixe esses vagabundos soltos por aí. Futebol é para torcer, não para brigar. Tá falado!



quarta-feira, 29 de agosto de 2012
Parabéns, poliçada!


O Rio registrou o menor número de homicídios em 21 anos. Isso é fruto de muita ralação da poliçada que, ao contrário do que muita gente pensa, está capacitada e empenhada em garantir a paz à população. Sei que o caminho é longo e muitos ainda são vítimas da violência, mas já demos um grande passo. É importante saber que estamos no caminho certo! De janeiro a julho, tivemos queda de 6,9% no número de homicídios. Pela terceira vez consecutiva, os roubos de veículos registraram queda, e o número de roubos de rua também caiu. Outra ação louvável da poliçada é a atuação nas UPPs. O combate ao tráfico continua, e só vamos sossegar quando nenhum bandido perturbar mais as pessoas de bem. Segundo a Secretaria de Segurança, o Batalhão de Ações com Cães, a Delegacia de Roubos e Furtos e a 2ª Área Integrada apresentaram os melhores números. Por isso, esses policiais receberão prêmio em dinheiro. A luta continua e o objetivo é diminuir cada vez mais esses números. Parabéns, poliçada! Confio em vocês, estamos juntos e misturados! A população também pode ajudar, ligando para o Disque-Denúncia (2253-1177). Tá falado!



segunda-feira, 27 de agosto de 2012
A pílula da felicidade


É gratificante quando conhecemos trabalhos positivos, como o que é o realizado pelos Doutores da Alegria, iniciativa que vem trazendo para um grande número de pessoas um sorriso, uma motivação e até a esperança da cura de uma doença muitas vezes difícil. Os Doutores da Alegria são uma ONG sem fins lucrativos em que atores e músicos voluntários estimulam os pacientes, ajudando na sua melhora a partir da interatividade. Quem já esteve internado sabe que não é fácil. Perdemos o contato com o mundo exterior e muitas vezes sentimos falta de atenção. É aí que eles entram com seus narizes de palhaço levando sorrisos a um ambiente onde reinam a doença e a dor. No Rio, o projeto Plateias Hospitalares, que leva alegria a pacientes, acompanhantes e equipes, alcançou 9 mil pessoas. E as oficinas Boas Misturas, que propõem encontros entre profissionais de saúde e palhaços para troca de experiências sobre seus ofícios, chegaram a 348 profissionais. A iniciativa é muito boa e deve ser estimulada. Em meio ao caos que é a saúde pública, precisamos de mais pessoas de coração aberto, dando alegria e esperança de dias melhores a quem precisa. Tá falado!



sexta-feira, 24 de agosto de 2012
Protestar é um direito


 Um protesto de motoristas de vans causou bastante transtorno para os cariocas na semana passada. Tudo porque as reivindicações da categoria não são ornadas pelo poder público. Os motoristas pedem pontos em comum com os ônibus, Bilhete Único Carioca, acesso aos corredores BRS e a legalização de toda a frota. É o que eu sempre digo: todo trabalhador tem direito à manifestação pacífica. Está previsto na Constituição e na Lei nº 783/89. O melhor a ser feito é o poder público resolver logo o problema. As vans precisam circular na legalidade, e a negociação é sempre a melhor solução. O que não pode acontecer é o povo pagar por isso, já que o transporte público não atende às necessidades da população. Todos devem ser respeitados: motoristas e passageiros. Quando ocorre uma greve pacífica e ordeira, é preciso falar e ouvir para ver até onde se pode ou não ceder para que a situação seja resolvida. Estamos bem próximos dos grandes eventos que virão para o Rio, e muito pouco foi feito até agora para melhorar o transporte público. Tem que sentar pra conversar e não é com atitude drástica e radical que vamos resolver esses problemas. Tá falado!


quarta-feira, 22 de agosto de 2012
Bem-vinda, educação


Vejam essa: segundo o ranking do índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) divulgado semana passada, a educação no Estado do Rio se desenvolveu bastante nos últimos dois anos. Ainda estamos em 15º lugar no País, mas subimos 11 posições: em 2009, estávamos em penúltimo, à frente apenas do Piauí. Este ano, ao lado de Goiás, somos o Estado que mais subiu posições no ranking. Após três edições de estagnação, é um grande avanço. Sem educação, nenhum país vai pra frente. A educação tem que ser prioridade dos governantes. Assim, formaremos cidadãos inteligentes, prontos a desenvolver o País. Nosso Estado agora tem duas escolas entre as cinco melhores do Brasil: os Cieps Glauber Rocha, na Pavuna, e Pablo Neruda, na Taquara. Que orgulho! Mas nem tudo são flores. Ainda somos os piores do Sudeste, e o ensino nas escolas públicas do interior ainda deixa a desejar. O Rio foi o único estado em que menos da metade das cidades atingiu a meta para os primeiros anos do Ensino Fundamental. Que todas as escolas sigam os exemplos de sucesso. As chaves para isso são conhecer as dificuldades de cada criança, incentivar a leitura e fazer reforço escolar. Tá falado!



segunda-feira, 20 de agosto de 2012
Envenenamento: cuidado!


Quando o assunto é a segurança da criançada, não podemos vacilar! Todo ano, 26 mil crianças são vítimas de envenenamento. O assunto preocupa porque nossa casa tem vários perigos em potencial. O primeiro passo: medicamentos e produtos de limpeza devem ser guardados longe das crianças, em armários altos e trancados. Muitas vezes, as embalagens coloridas despertam a curiosidade, por isso é essencial deixar tudo fora do alcance dos pequenos. Também é importante manter todos os produtos na embalagem original — nada de usar garrafas de refrigerante. Comprimidos, por exemplo, não devem ser guardados em potinhos: podem ser confundidos com balas. Acidentes acontecem e temos que estar preparados. Se seu filho ingerir algo estranho, tente fazê-lo cuspir o que ainda está na boca, mas nunca force o vômito. Além do risco de machucar a garganta, os movimentos do estômago podem acelerar a absorção do produto. Em caso de contato com os olhos, lave com água corrente e morna. Procure assistência médica imediatamente e leve a embalagem do produto ingerido. Se tiver dúvidas, ligue para o Disque Intoxicação (0800 722 6001). Tá falado!



sexta-feira, 15 de agosto de 2012
Onde está o dinheiro?


Hoje vou falar de um assunto que me chateia bastante. Quem refresca bunda de pato é lagoa, por isso, quando é pra falar bem eu falo, mas quando é pra reclamar não deixo por menos. Vira e mexe recebo reclamações sobre atrasos no pagamento da bombeirada e da poliçada: gratificações, auxílios e verbas disso ou daquilo, que nem sempre caem no dia marcado. O militar, assim como qualquer trabalhador, tem despesas e precisa honrar seus compromissos.  Esse atraso não pode ser tratado como erro banal. Nada disso é normal! Não dá pra contar com um salário que não tem dia certo pra cair. É simples: trabalhou, recebeu! Já cobrei e não me canso de bater nessa tecla: esse tipo de problema é inadmissível! Sei que muitas vezes isso nem chega aos comandantes, porque com certeza a banda tocaria diferente. 




Há pouco tempo, por exemplo, PMs recém-formados ainda recebiam como alunos. E sem falar nos alunos do CFAP, que estavam sem receber, e da bombeirada que trabalhou no combate à dengue e penou para ver a cor da gratificação. Assim não dá! O estado precisa se organizar para garantir o direito de todos. Estou de olho e vou continuar cobrando. Tá falado!




quarta-feira, 15 de agosto de 2012
O caminho para o pódio 


Já estamos em contagem regressiva para a Olimpíada Rio 2016. Não tenho dúvidas de que faremos uma das mais belas cerimônias de abertura da história dos Jogos Olímpicos e que todas as delegações serão muito bem recebidas. O que me preocupa é o fato de nossos atletas voltarem de Londres com menos medalhas do que o esperado. Mas como exigir medalhas em um país com algumas escolas onde o ano letivo ainda nem começou? O Brasil está se preparando para sediar os Jogos, mas não prepara seus atletas para o lugar mais alto do pódio. Todos falam que sobram projetos, apresentam números, mas ninguém consegue ver. Nossos atletas são verdadeiros heróis, já que não têm o mínimo de estrutura. O bagulho é doido! Para se ter uma ideia, em Londres, o Brasil ficou atrás de países bem menores. É preciso voltar os olhos para nossos atletas. Gostaria de lembrar que as potências olímpicas investem pesado em esporte e educação. Nesses países a prática esportiva vem desde a escola e continua na faculdade, com bolsas para atletas de alto nível. Em 2016 teremos a oportunidade de deixar, como legado para a juventude, um maior incentivo para o esporte e para a vida. Tá falado!



segunda-feira, 13 de agosto de 2012
Doações batem a meta


Uma notícia divulgada semana passada pelo Governo do Estado me deixou muito contente: o Rio de Janeiro superou o número de doações de órgãos de 2011 e bateu a meta do Ministério da Saúde. Até agora o Programa Estadual de Transplantes (PET) já captou 134 órgãos, contra as 121 doações do ano passado. Recorde histórico! A meta do Ministério da Saúde é superar 13,6 doadores por milhão de pessoas até 2013 em todo o país. Atualmente, a média do Rio é de 14,4 e esperamos chegar a 22 doadores por milhão de pessoas até o fim de 2013. Vale lembrar que, há dois anos, esse número era de apenas 4,4 doadores. O Rio foi o estado que mais cresceu em número de doações nos últimos dois anos. Parabéns pra nós! A equipe do PET tem tornado a captação de órgãos cada vez mais eficiente. O próximo passo é criar polos de captação em todo o estado. Se você deseja ser doador, deixe sua família ciente disso desde já. Às vezes, num momento de dor, o parente pode tomar a decisão de não doar. Milhões de pessoas estão em filas de transplantes no Brasil e dependem de um gesto de bondade e caridade. Os doadores de órgãos salvam vidas. Seja doador. Tá falado!



sexta-feira, 10 de agosto de 2012
De olho na validade!


A partir do dia 15, o consumidor que achar um produto fora da data de validade nas prateleiras dos supermercados levará outro de graça. A iniciativa faz parte de uma campanha do Procon, da Defensoria Pública do Estado e da Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj). Nada mais justo, afinal ninguém merece chegar em casa com um produto e dar de cara com a validade expirada. A ação 'Todos de Olho na Validade' também vai beneficiar os próprios supermercados. Como? Para quem não sabe, os supermercados podem ser interditados e multados por expor produto vencido. A campanha é uma forma de evitar prejuízos maiores aos estabelecimentos e acostumar à população ao hábito de verificar as datas. Olho vivo nas prateleiras e faça valer seu direito: se por um acaso não existirem mais unidades do produto vencido no supermercado, um similar deverá ser entregue ao consumidor. A lista completa dos supermercados associados à campanha pode ser consultada no site da Asserj. Tá falado!



quarta-feira, 8 de agosto de 2012
Parteiras são importantes


A Justiça suspendeu o veto do Conselho Regional de Medicina (Cremerj) ao trabalho de parteiras e doulas (acompanhantes de gestantes) e à realização de partos fora de hospitais. A proibição havia sido estipulada no último dia 19, quando a entidade passou a considerar essas práticas infrações éticas. Gostaria de lembrar que as parteiras fazem parte da nossa cultura e mesmo hoje são de extrema importância em muitas comunidades. Basta pensar que o Brasil é um país enorme e cheio de diferenças, onde muitos ainda moram em locais de difícil acesso e carentes de hospitais e profissionais de saúde. Nesses lugares, o trabalho das parteiras é, muitas vezes, o único meio que as mães têm de receber alguma assistência no parto. Lógico que tivemos melhorias na saúde, mas o número de pessoas que não contam com um bom sistema de saúde ainda é muito grande. Por isso, nesses casos defendo a manutenção das parteiras, que, em sua maioria, atuam sem nenhum fim lucrativo. Isso mesmo: grande parte não cobra nadinha. É lógico que, se a mãe puder contar com hospital e equipe médica completa, melhor ainda. E tá falado!



segunda-feira, 6 de agosto de 2012
Criança sem escola não!


Não me canso de dizer que a educação é a coisa mais importante que temos. Para um país evoluir e se desenvolver, precisa investir na educação. Infelizmente, até agora nenhum estado brasileiro conseguiu atingir a meta de colocar todas as crianças em idade escolar na sala de aula. O Censo 2010 mostrou que 3% da população nesta faixa etária não estuda, o que corresponde a um milhão de crianças. Incluindo as crianças de 4 e 5 anos e os jovens de 15 a 17, que a partir de 2016 também passam a fazer parte da faixa de escolaridade obrigatória, o número chega a 3,8 milhões — 8% do total. Estudar é direito básico previsto na Constituição de 1988, mas nem todos conseguem garantir isso. O problema é mais grave entre a população mais pobre e crianças com alguma deficiência. A situação é pior no Norte e no Nordeste, mas o Sudeste não escapa. O Rio de Janeiro está dentro da média, e 3% das crianças do Estado estão fora da escola. O governo tem que reformular o sistema educacional para manter o interesse das crianças pelos estudos. A sala de aula precisa ser um lugar prazeroso, onde os alunos sintam que estão aprendendo. E é fundamental conscientizar as famílias para que matriculem seus filhos. Tá falado!



quarta-feira, 1 de agosto de 2012
O sedentarismo mata!


Você sabia que o sedentarismo mata tanto quanto o cigarro? Quem garante são os especialistas que participaram de uma pesquisa divulgada nos últimos dias por uma revista médica inglesa. O jeito é se exercitar para não ler problema. O estudo diz que a inatividade é responsável por uma em cada dez mortes por doenças como problemas cardíacos, diabetes e câncer de mama e do cólon. De verdade, bom mesmo é não fumar e fazer exercícios sempre. Uma boa caminhada ajuda muito se você não tem tempo para academia. Veja bem: cuidar do corpo e da saúde não é coisa de borracha fraca. Com o estresse do dia a dia, todo mundo deve procurar um jeito de ajudar o corpo e a mente a se recuperar. No Brasil, o número de mortes provocadas pelo sedentarismo chega a 13,2%, e o País está entre os que têm as populações mais sedentárias da América Latina. Já que a coisa é séria, que tal as autoridades investirem mais em campanhas de conscientização? Para os médicos, é ideal que todos façam ao menos 150 minutos de exercício moderado (caminhada, ciclismo ou até jardinagem) por semana. Como é melhor prevenir do que remediar, se liga nessa! Tá falado!



segunda-feira, 30 de julho de 2012
Covardia no Alemão


Na semana passada, tivemos a morte da soldado PM Fabiana Aparecida de Souza, 30 anos, num ataque criminoso contra a UPP Nova Brasília, no conjunto de favelas do Alemão. Gostaria de usar este espaço para prestar minha solidariedade à família e aos seus colegas de farda, e dizer que este ato covarde não fará com que as UPPs aliviem o cerco a esses marginais. Como eu já disse em outras oportunidades, este é um caminho sem volta. Perdemos uma combatente valorosa na luta contra este câncer que assola o Estado, mas não podemos recuar. É hora de levantar a cabeça, sacudir a poeira e partir para cima dos covardes que cometeram esse crime. Claro, é preciso que o caso seja apurado com todo o rigor. Outra coisa: sei que as UPPs têm problemas e tenho consciência de que não vão acabar com a criminalidade de imediato. Até porque não basta colocar policiais fazendo patrulhamento. É necessário implantar nas comunidades um serviço social de qualidade, com assistência médica, creches, postos de trabalho, lazer e infraestrutura para que as pessoas se sintam seguras e integradas à sociedade. Tá falado!






quarta-feira, 25 de julho de 2012
E onde fica a ética? 


A polêmica dos chips nos jalecos dos médicos virou assunto em todos os lugares. Funciona assim: o chip será instalado nos jalecos e, toda vez que eles deixarem o local, haverá um alerta luminoso e sonoro. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, muitos médicos saem das unidades com o jaleco usado no trabalho e, na volta ao posto, podem trazer micro-organismos. Além  disso, o chip controlará tudo o que entra e sai dos hospitais, até I remédios e equipamentos. Mas onde fica a ética profissional nessa história? Devemos vigiar os profissionais de saúde? Não seria mais eficaz gastar o dinheiro com suporte às UPAs e aos hospitais, que estão entregues às moscas? E quem paga essa conta? E se o médico tirar o jaleco e colocá-lo em alguém ou deixá-lo por lá e sair da unidade, como fica? Não é a toa que a decisão revoltou os sindicatos de médicos e enfermeiros, e o caso pode acabar na Justiça. É lógico que a saúde tem seus problemas e maus profissionais, mas não é assim que as coisas mudarão. Colocar um chip no profissional é jogar nas costas do médico a responsabilidade pelo caos na saúde se encontra. Assim é muito fácil resolver as coisas.  E tá falado!



segunda-feira, 23 de julho de 2012
Saúde pede socorro 


Não há dia cm que eu não veja uma notícia sobre algum hospital do Rio em estado precário. Sei que já bati nessa tecla antes, mas infelizmente tenho que voltar a bater: a saúde no estado pede socorro! É médico comprando medicamento do próprio bolso, esterilizador que não funciona, prédios caindo aos pedaços, profissionais estressados e desatualizados e mais um monte de problemas. Só muda algo quando os problemas ganham as páginas dos jornais ou as câmeras das TVs. O último capítulo dessa triste novela se deu no Iaserj, quando a remoção de 42 pacientes provocou revolta de parentes e funcionários. Eles alegaram que não foram comunicados sobre as transferências e que os pacientes não tinham condições de sair do local. Fica a pergunta: onde e como esses pacientes serão atendidos? A justificativa do governo é que o fechamento do hospital se deve à construção do novo centro de pesquisa do Instituto Nacional do Câncer, mas não podemos abrir uma porta fechando outra, ainda mais o Iaserj. Precisamos nos preocupar com a saúde dos pacientes transferidos às pressas. Mas não é assim que resolveremos o problema da saúde. E tá falado! 




sexta-feira, 20 de julho de 2012
Vamos cuidar do Rio! 


No início do mês, o Rio recebeu da Unesco o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. A nossa cidade foi a primeira no mundo a se candidatar como paisagem cultural urbana, por causa da sua importância universal e da beleza natural agregada pela intervenção humana. Com certeza, o novo título vai atrair mais turistas. Agora, o Rio de Janeiro não é mais só nosso, é do mundo todo também, e somos os responsáveis por preservar as belezas que temos. Os pontos turísticos que nos garantiram o título são: Pão de Açúcar, Corcovado, Floresta da Tiju-ca, Aterro do Flamengo, Jardim Botânico, Praia de Copacabana, entrada da Baía de Guanabara, Forte e Morro do Leme, Forte de Copacabana, Arpoador, Parque do Flamengo e Enseada de Botafogo. São lugares lindos, que merecem cuidado da população e dos governantes. O Rio precisa de planejamento estratégico para desenvolver a capacidade da geração de valor peio turismo. Tem que melhorar o transporte público e a segurança, manter ruas, praias e pontos turísticos limpos e expandir a rede hoteleira. Nossa cidade merece reconhecimento, mas o respeito tem que partir de nós mesmos. Estou de olho! Tá falado! 


quarta-feira, 18 de julho de 2012

Férias: bagulho é doido! 


Hoje o papo é reto com a garotada! As férias chegaram e é tempo de descansar e aproveitar. Os próximos dias são merecidos para quem estudou bastante no primeiro semestre. Mas tem que ter responsabilidade! Não saia de casa sem avisar seus pais nem vá para um lugar depois de dizer que vai a outro. Liberdade se conquista, e vai ser uma grande decepção para os pais descobrirem que o filho mente. Além disso, é perigoso, porque se acontecer alguma coisa com você ninguém vai saber onde você está para te ajudar. Nada de beber, muito menos usar drogas. Aproveite para fazer programas que você nunca fez. Vá à praia, ao parque, acampe. Nos dias chuvosos, combine uma maratona de vídeo-game ou filmes em casa com os amigos. Separe um tempo para a casa dos avós. Eles vão gostar da visita. Reserve também um tempo para ler um bom livro e as notícias do dia. Não é porque está de férias que pode ficar alienado. Enfim, organize-se para poder fazer nos próximos dias tudo o que não deu tempo de fazer até agora. Exercite o corpo e a mente e passe bastante tempo com as pessoas que você gosta e gostam de você. Se liga aí!


segunda-feira, 16 de julho de 2012

SOS Forças Armadas!


As Forças Armadas têm mais de 300 mil homens aptos a defender o País. Graças aos militares, a ocupação do Complexo do Alemão foi um sucesso. O Exército também ajudou a garantir a segurança durante a Rio+20 e na tragédia da Região Serrana. Os caras estão em todas! O Brasil é potência militar e nossos combatentes merecem respeito, reconhecimento e valorização. Na hora do merdelê, quem nos defende são eles! Os militares viram seus salários serem achatados durante 11 anos. Os da ativa são proibidos de se manifestar, e, por isso, buscam apoio na Internet. Vergonha! Um plano de reajuste estava previsto, mas até agora nada! Não é de hoje que esposas e familiares se organizam para panela-ços e marchas. A consequência do descaso e sucateamento das Forças não é boa para ninguém: os quadros estão minguando por causa dos problemas financeiros. A defasagem salarial é chocante: um comandante de porta-aviões ganha menos que um gráfico do Senado, função que exige apenas o nível fundamental. As reivindicações são várias e eu espero que sejam revistas. Nossos homens das Forças Armadas merecem respeito! Tá falado!


sexta-feira, 13 de julho de 2012
 Podem ligar sem medo!


Galera, hoje o papo é reto. As UPPs estão dando resultado e devolvendo a dignidade aos moradores das comunidades. A poliçada retomou o território e os bandidinhos pulgas de bunda meteram o pé. Já não era sem tempo! Sei que ainda falta muita coisa e, como sempre digo, as UPPs têm que vir associadas ao investimento na parte social. Tenho fé de que tudo vai dar certo, confio no trabalho dos profissionais da segurança pública do estado. Para esse projeto continuar beneficiando a população é preciso que todos trabalhem de mãos dadas. Sendo assim, mais uma vez vou falar do Disque-Denúncia: se você sabe de algo errado, tem conhecimento do paradeiro de algum foragido da Justiça ou testemunhou algum crime, denuncie! Ninguém aguenta mais tanta impunidade! Então, amigo, é Disque-Denúncia neles: 2253-1177! Este ano aprovamos na Alerj a Lei nº 6.189, de minha autoria, que proíbe as companhias telefônicas de detalhar na conta as ligações feitas para o Disque-Denúncia. O objetivo é nos proteger nesta luta do bem contra o mal. É pau no lombo sem massagem! Temos que ter coragem de denunciar. Tá falado!



quarta-feira, 11 de julho de 2012
Valorizem o professor!


O Censo Escolar 2011, divulgado pelo Instituto de Pesquisas do Ministério da Educação (Inep), mostrou a triste realidade que os professores da rede estadual enfrentam. Devido ao salário ruim, eles se desdobram em várias escolas para aumentar a renda. Alguns trabalham em mais de cinco unidades de ensino. Assim não dá! Os professores são responsáveis por educar as futuras gerações do País e merecem ser valorizados. A jornada diária do professor costuma ser das 7h às 22h, entre vários bairros. Assim não há como se dedicar aos alunos. Não sobra tempo para nada. O trabalho do professor não termina na sala de aula: em casa, ele precisa preparar a aula do dia seguinte e corrigir provas e trabalhos. Devido a todos esses problemas, o Rio é penúltimo no ranking do índice de Desenvolvimento da Educação Básica. O ensino público está péssimo, e quem pode pagar prefere transferir o filho para a rede particular. Não deveria ser assim. O primeiro passo para mudar essa situação é aumentar o salário do professor. Assim, eles vão poder trabalhar em apenas um lugar, conhecer seus alunos e se especializar para dar uma aula melhor. Tá falado!



segunda-feira, 9 de julho de 2012
Dinheiro para a saúde!


Infeliz daquele que depende da saúde pública aqui no Rio. É triste, mas é verdade. Pessoas passam a madrugada nas filas para conseguir marcar um exame! Desrespeito, precariedade e negligência: esse é o quadro da saúde pública do nosso estado. Em pesquisa do Conselho Regional de Medicina, os médicos da rede pública apontam como principais dificuldades a falta de equipamentos básicos e superlotação. Em março, o índice de Desempenho do SUS apontou o Rio como a capital com pior avaliação, com nota 4,33 numa escala de O a 10. É absurdo! Semana passada, o Governo do Estado divulgou que receberá R$ 450 milhões para a saúde. A verba deverá contemplar UPAs, novos leitos de UTI e construção de novas Unidades Básicas de Saúde nos 19 municípios da Região Metropolitana. É aguardar e ver no que vai dar. Até porque só UPA não resolve, o buraco é mais embaixo. Espero que esta verba seja usada realmente para equipar os hospitais e melhorar o atendimento. Os profissionais merecem ser valorizados, e a carga horária precisa ser recalculada. Saúde é prioridade, vamos ficar de olho para ver onde esses R$ 450 milhões vão parar. Tá falado!



sexta-feira, 6 de julho de 2012
Alô, Ministério da Saúde: não pode faltar fralda!


O Governo Federal criou o programa Farmácia Popular para ampliar o acesso a medicamentos. Em 2010, o Ministério da Saúde incluiu na lista as fraldas geriátricas. Com o programa, a economia daqueles que precisam do produto é enorme! Se você não conhecia este benefício, fique ligado! Já são mais de 500 farmácias particulares cadastradas, que oferecem 108 tipos de medicamentos com 90% de desconto. Para adquirir as fraldas geriátricas, o paciente deverá ter 60 anos ou mais, apresentar CPF e laudo médico com número do CRM do responsável, nome e endereço do paciente e a data da expedição. A quantidade de fraldas é limitada a quatro unidades por dia, podendo ser adquiridas até 40 unidades a cada 10 dias. Se o idoso for considerado incapaz, o representante legal pode retirar o produto. Está tudo muito bom, mas, infelizmente, recebi reclamações de falta de fraldas nas farmácias. O programa é bom, portanto vale a pena cuidar para não virar bagunça! O governo precisa se empenhar e garantir que nada falte nas farmácias populares. Ninguém merece! Acredito nesse projeto e espero que a distribuição já tenha sido normalizada. Tá falado!


quarta-feira, 4 de julho de 2012
Vem aí a 'UPP ambiental'


Uma novidade prometida pela PM me deixou muito contente: a instalação de cinco Unidades de Polícia Ambiental (UPAMs) ainda este ano em cinco parques estaduais do Rio: Ilha Grande (Costa Verde), Pedra Branca (Zona Oeste), Três Picos (Região Serrana), Serra da Tiririca (Niterói) e Desengano (Norte Fluminense) vão receber cerca de cem homens, que serão responsáveis por preservar as áreas verdes. As UPAMs servirão para prevenir crimes ambientais dentro e no entorno dos parques e também para garantir a segurança dos visitantes. As UPAMs vão funcionar de maneira semelhante às Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs). Os PMs envolvidos no programa participarão de cursos de formação especial e ganharão uma gratificação mínima de R$ 500 mensais. As secretarias estaduais do Meio Ambiente e de Segurança vão produzir um documento que trará objetivos, conceito, estratégias e procedimentos operacionais dos profissionais envolvidos. Toda a monitoração dos resultados do projeto será feita em parceria com esses órgãos, e os relatórios mensais de desempenho serão publicados na Internet. Esta é apenas a primeira etapa do projeto, que pretende levar as UPAMs para todos os 18 parques estaduais do Rio. O nosso estado tem que uma grande área verde, que precisa ser prezada e preservada. Tenho certeza de que o Comando de Polícia Ambiental fará um excelente trabalho. Tá falado!



segunda-feira, 2 de julho de 2012
Rio+20: segurança nota 10



A Rio+20 acabou e no que diz respeito à segurança podemos comemorar. Claro que nem tudo foram flores e tivemos alguns probleminhas, mas a meu ver houve mais pontos positivos do que negativos, tanto para a cidade do Rio de Janeiro quanto para todos que participaram da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável. Os jovens, todos ativos, participaram e fizeram filas no Forte de Copacabana, na Praça Mauá, no Parque dos Atletas e no Aterro. Isso foi bom! A garotada aprendeu que a Rio+20 era um encontro importante para ajudar a desenvolver ideias que possam promover um futuro com o desenvolvimento sustentável. Legal, mas eu vou falar mesmo sobre segurança. Nesse quesito, a poliçada, tanto civil quanto militar, está de parabéns. Li outro dia que o índice de criminalidade nas áreas próximas aos locais em que foi realizada a conferência foi expressivamente baixo. Nos roubos de rua — nos quais se incluem transeuntes, coletivos e celulares — houve queda de 39%. Este é o resultado de mais um belo trabalho da Secretaria de Segurança Pública, que elevou o efetivo de policiais civis e militares para 8 mil homens. Tá falado!

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Cuidado com o álcool





Outro dia, li que o Brasil é o terceiro maior consumidor de álcool da América Latina. Segundo dados da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais, 48% dos jovens brasileiros, de 12 a 17 anos, já consumiram ou consomem álcool. Só perdemos para os jovens colombianos (51,9%) e uruguaios (50%). Acho natural que a garotada que completa a maioridade experimente uma bebidinha ou outra, afinal, estão se descobrindo, e uma cervejinha gelada não faz mal a ninguém. Mas tudo que é demais não é legal. O álcool tem esse efeito de deixar a pessoa mais leve e descontraída, mas é preciso ter um controle para que a diversão não acabe em tragédia. O problema começa quando a pessoa passa a precisar do álcool para se sociabilizar ou por achar que, sem a bebida, não será a mesma pessoa. Isso é uma tremenda besteira! Ninguém gosta do cara que vive bebendo, caindo pelos cantos nas festinhas e baladas. Não quero aqui bancar o senhor da verdade e dizer o que é certo e o que é errado. Mas é bem melhor voltar seguro para a casa e recordar da festa da noite anterior, do que encher o pote e acabar caído por aí.





quarta-feira, 27 de junho de 2012
Saúde não é brincadeira


Uma coisa que, infelizmente, vem acontecendo nos hospitais públicos e particulares do Estado do Rio é a falta de leitos, o que faz com que a unidade negue internação ao paciente. Essa situação é tão absurda que fez com que 640 pessoas entrassem com ações de pedidos de internação em leitos de UTI no Tribunal de Justiça somente este ano. A que ponto chegou a saúde no Estado! O pior é que nem sempre essas ações garantem um lugar no hospital para o paciente, que muitas vezes não resiste. E para quem está precisando de atendimento médico, cada minuto é precioso. A pessoa não pode esperar por uma decisão da Justiça e pela boa vontade do hospital. Eu sempre falo que se não há vaga na emergência que você procura, a obrigação do pessoal do atendimento é checar se há vagas no hospital mais próximo. O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro criou a Câmara de Resolução de Litígios de Saúde para tentar resolver o problema. A Câmara vai negociar o atendimento antes das ações judiciais e assessorar os juízes sobre as condições do paciente e da unidade hospitalar, quando a ação for necessária. Tá falado!



segunda-feira, 25 de junho de 2012
Dormindo com o inimigo


Não entra na minha cabeça que, mesmo com tantas tragédias, campanhas e pedidos envolvendo armas de fogo, tenha tanta gente ainda guarde arma dentro de casa. Muitas pessoas aprovam o porte de arma achando que vão defender suas famílias em caso de alguma possível tentativa de assalto, mas infelizmente, como quase sempre vemos, o inimigo passa a morar dentro de casa. E aí, é aquela velha história: a arma guardada para proteger acaba causando uma tragédia, ainda mais se você tem crianças pequenas no local. É o que eu sempre digo: violência sempre vai gerar mais violência. Por isso, o papo é reto com você, pai de família, que guarda um revólver ou qualquer outra arma na sua residência. Se você não sabe, quase todos os tiros fatais não intencionais em crianças ocorrem em casa ou na vizinhança. A maioria dessas mortes envolve armas guardadas, carregadas e acessíveis para a garotada. É preciso lembrar que é muito difícil manter algo realmente fora do alcance da curiosidade das crianças. Às vezes, o que os pais consideram como "bem guardado" não é o ideal. Quase nunca é. Tá falado!



segunda-feira, 18 de junho de 2012
Não falta mais dinheiro



Semana passada o Estado do Rio de Janeiro recebeu do Banco do Brasil um empréstimo de R$ 3,6 bilhões para execução de catorze obras. A construção da Linha 3 do metrô, que ligará São Gonçalo a Niterói é a obra mais cara do pacote, que inclui também urbanização de favelas, despoluição das lagoas da Barra, contenção de encostas na Serra, aquisição de barcas, recuperação de rodovias, controle de cheias no Norte Fluminense e asfaltamento de vias no interior do Estado. Esse empréstimo só precisa ser pago a partir de 2017, e o Estado terá um prazo de 20 anos para a quitação do débito, que terá uma taxa de juro baseada em percentuais cobrados por bancos estrangeiros, bem abaixo do padrão cobrado por bancos nacionais. Esse acordo é inédito. O Banco do Brasil nunca fez um empréstimo com condições tão favoráveis a um governo. Cerca de R$ 885 milhões já estão nos cofres fluminenses, o restante da quantia será liberada em parcelas até 2015. Essa é a hora do Governo do Rio de Janeiro tirar do papel projetos importantes para o Estado. A construção da Linha 3 do metrô deve ter início em dezembro deste ano, com previsão de que o primeiro trecho, entre Barreto e Alcântara, seja inaugurado até o fim de 2014. Parte do dinheiro também reforçará o caixa das obras da Linha 4 do metrô. Todos os projetos beneficiados fazem parte do programa de mobilidade urbana Pró-Cidades, que contempla o Arco Metropolitano, a recuperação das rodovias RJ-101, RJ-148 e RJ-234 e a compra de nove embarcações para o trajeto Rio-Niterói, que tanto causa dor de cabeça para a população. Dinheiro para a realização das obras que o Rio de Janeiro precisa não falta mais. A população agora tem que ficar de olho para que essa verba não vá parar onde não deve e que o Rio de Janeiro receba, enfim, as obras que merece. Todos nós somos responsáveis por cobrar melhorias para o nosso Estado. Vamos ficar de olho. Tá falado!




sexta-feira, 16 de junho de 2012
Pirataria não é legal!


Vejam só! Uma pesquisa da Fecomércio-RJ informou que, entre 2010 e 2011, 52% dos consumidores brasileiros compraram produtos falsificados. É mole? Infelizmente, muita gente não sabe dos impactos que o comércio de produtos falsificados pode ter na economia brasileira. Comprando um produto falsificado você esta compactuando com a pirataria, e isso, meu amigo, é crime! Se liga! O rombo nos cofres públicos pode chegar a 30 bilhões de impostos ao ano. Além de fazer o Brasil perder dinheiro, a pirataria ainda financia outros crimes e acelera o desemprego. Está na hora de botar a mão na consciência, e refletir: vale a pena? Outra pesquisa, dessa vez realizada pelo Conselho Nacional de Combate à Pirataria (CNCP) divulgou que dois milhões de empregos são fechados, ou deixam de ser abertos devido ao comércio de produtos ilegais. Outro dado que impressiona é que, segundo o levantamento, houve um aumento expressivo na adesão dos consumidores das classes A e B. Os especialistas acreditam que a pirataria deixou de se meramente um problema de questão econômica, e agora enfrentam um desafio ainda mais complicado de ser vencido. Para eles, o consumo de produtos piratas já se tornou um traço cultural. Na semana passada, o estado do Rio aprovou a lei que pune quem compra pirataria. É isso mesmo! A lei agora vale não só para quem produzir, comercializar, importar e oferecer, mas também para quem transportar, ocultar e adquirir. Temos que combater a pirataria, todos nós podemos tomar alguma providência, seja denunciando ou até mesmo se recusando a comprar. Além das medidas punitivas do governo, as empresas também podem se juntar nessa luta e, dentro do possível, adequar os preços. A luta é de todos para um país melhor! Tá falado!

quarta-feira, 13 de junho de 2012
Soltar balão é crime!


Todo mundo já sabe que soltar balão é crime, mas os baloeiros de plantão insistem em infringir a lei e colocar pessoas e o meio ambiente em risco. Não é possível que esses grupos ainda não tenham entendido que balão é bonito, mas é também uma grande ameaça e que esse "esporte" é nocivo para todos. A Lei federal 9.605/98 considera crime ambiental a prática de soltar balões, assim como a sua fabricação e transporte. A pena varia de um a três anos de prisão, e o crime admite pagamento de fiança, de R$ 1 mil a R$ 10 mil. O Disque-Denúncia (2253-1177) realiza há 11 anos campanha contra esta prática, e em 2011 eles receberam 660 telefonemas sobre baloeiros. Mas o bagulho é doido e essa galera não aprende. Resultado: o Disque-Denúncia aumentou para R$ 2 mil a recompensa para quem der informações sobre fabricantes, comerciantes e baloeiros no Estado do Rio. Soltar balões não é legal e pode causar tragédias. A polícia ambiental está de olho! Os balões já fizeram e continuam fazendo vítimas em todos os cantos. Casas já foram destruídas, florestas queimadas e muitos animais morreram por conta disso. Respeitem a lei e parem de soltar balões. Tá falado!



segunda-feira, 11 de junho de 2012
Cigarro é tudo de ruim


Todo mundo está careca de saber dos malefícios que o cigarro causa: câncer, enfisema pulmonar, hipertensão, enfarte e AVC, entre outras doenças. Mesmo assim, o Brasil ainda tem 25 milhões de fumantes e 200 mil pessoas morrem por ano no país em decorrência do vício. O bagulho é doido e o mais triste dessa estatística é que essas mortes poderiam ser evitadas. O tabagismo deixou de ser considerado um hábito e passou a ser tratado como doença pela Organização Mundial de Saúde (OMS). O primeiro problema que os fumantes sentem por causa do cigarro é a falta de fôlego. Fica difícil até para subir uma escada. Depois disso, a voz começa a ficar rouca e a tosse aparece. O cigarro também destrói o seu paladar. Todos os alimentos ficam com o mesmo sabor e você perde o prazer de comer. Parar de fumar é difícil, mas vale a pena. Um bom estímulo para abandonar esse vício é juntar o dinheiro que seria gasto com o cigarro. Assim, você economiza e pode se presentear por ter parado de fumar. Acabe com esse vício. Vai fazer muito bem para o seu bolso, para as pessoas à sua volta e para a sua saúde. Tá falado!


quarta-feira, 6 de junho de 2012
Cheque caução é ilegal


Agora é lei: exigir cheque caução em hospital é crime! A lei federal n° 12.653 proíbe a exigência de garantias financeiras para o atendimento médico hospitalar emergencial. Fiquem ligados porque lei é para ser cumprida! É inadmissível que os fornecedores se aproveitem de uma situação de vulnerabilidade da família e dos amigos de um paciente para obrigá-los a dar garantias de que pagarão os débitos caso os custos não sejam cobertos pelo plano de saúde. A pena para quem exigir cheque-caução, assinatura de nota promissória (ou qualquer garantia) e preenchimento de formulários administrativos pode chegar a um ano de detenção e multa. Quem refresca bunda de pato é lagoa! Por isso, a pena pode triplicar para até três anos de prisão, caso haja a negativa de atendimento e o paciente morra ou sofra qualquer lesão corporal grave. Na maioria das vezes, os familiares chegam extremamente abalados emocionalmente e fazem de tudo para assegurar o atendimento. Os hospitais são obrigados a fixar cartazes informando sobre a proibição dessa exigência. Trata-se do direito à informação, garantido pelo Código de Defesa do Consumidor. Se a lei não for cumprida, denuncie. Tá falado!


segunda-feira, 4 de junho de 2012
Um casamento perfeito


Quando poderíamos ver um grupo de policiais subir ao altar em uma comunidade que dois anos antes era palco de uma guerra entre polícia e traficantes? E imaginar que esta cerimônia seria realizada graças a uma “vaquinha” feita pelos próprios moradores? Pois é, galera, os tempos mudaram! Na semana passada, os moradores do Morro dos Macacos, em Vila Isabel, organizaram um casamento comunitário para doze casais de policiais que trabalham na região. Tudo isso começou em 2010, quando foi inaugurada a UPP Macacos. Desde então, a polícia vem fazendo um trabalho de aproximação, conscientizando a população de que todos devem estar juntos. Essa interação é um grande passo para mudar a imagem do Rio e fazer jus ao título de Cidade Maravilhosa. Episódios como esse só mostram que o trabalho está sendo bem feito. É lógico que ainda há muito a aperfeiçoar para que todos possam se sentir seguros e com os direitos respeitados. É importante estender esse trabalho com saneamento básico, creches, saúde, educação, cultura e outras melhorias. O caminho é esse! As ervas daninhas foram retiradas e novas sementes estão sendo plantadas. Tá falado!


sexta-feira, 1 de junho de 2012
Torcida violenta não!


Há muito tempo eu falo sobre os problemas com torcidas organizadas dos principais clubes do País e do Rio. Sempre que os grandes clubes se enfrentam, a confusão é geral. O futebol é a grande paixão nacional, mas o bagulho está doido! Sempre houve zoação entre torcedores rivais, com músicas para sacanear o adversário, bate-boca e até uma briga ou outra, mas não havia tanta violência como agora, que ultrapassa o limite da civilidade. Vemos vândalos travestidos de torcedores que, em vez de curtir o time e catar mulher pra dar beijo na boca e fungada no cangote, agem como animais. Não defendo a extinção das torcidas organizadas, pois tenho respeito e carinho por elas, que amam e fazem de tudo para dar força ao time de coração. Gosto de ver o espetáculo nos estádios. Sou contra os bandidos que usam as cores do clube para se camuflar e cometer crimes. Cabe à polícia identificá-los e prendê-los. E a punição deve ser rigorosa como na Inglaterra e em outros países, onde os culpados foram cadastrados e impedidos de frequentar estádios. Há muito a ser feito até a Copa de 2014 e o caminho está traçado: prevenir, reprimir, prender e condenar exemplarmente. E tá falado!





quarta-feira, 30 de maio de 2012
O perigo da agiotagem


A polícia vive avisando para que as pessoas tenham cuidado com agiotas, mas mesmo assim todos os dias tem gente caindo nas mãos desses marginais que oferecem dinheiro fácil. Agiota é raça sem vergonha e todos devem ficar atentos para não entrar nessa furada. Até porque o que parece tão fácil no início pode se transformar num grande problema. As 'vantagens' oferecidas por esses criminosos custam muito caro! Agiotagem é crime de extorsão, que envolve agressão e até assassinatos. O bagulho é doido mesmo! Se você entrou nessa furada, não tenha medo de denunciar. A polícia está pegando pesado com eles, mas só pode ajudar se você colaborar. Não discuta nem tema as ameaças. Mantenha a calma (se puder, grave tudo) e procure a delegacia mais próxima. Agiotas são um câncer que precisa ser exterminado da sociedade, porque se aproveitam dos momentos de dificuldades para extorquir dinheiro. Se você não consegue pagar, eles transformam sua vida num inferno. Se você precisar de dinheiro, procure ajuda de outra maneira, mas não caia nas mãos desses bandidos. Fique esperto! Tá falado!



segunda-feira, 28 de maio de 2012
Mãe, doe leite materno!



Hoje vou falar com as mulheres que acabaram de ser mães. É de extrema importância amamentar os recém-nascidos pelo menos até os seis meses de vida, pois o leite materno tem todos os nutrientes que o bebê precisa. Infelizmente, nem todas as mães produzem leite e precisam recorrer aos bancos de leite humano. A Organização Mundial da Saúde considera a rede de bancos de leite brasileira a mais complexa, de menor custo e maior rigor no controle de coleta. Muito bom! O leite doado é pasteurizado para ser utilizado pelos bebês internados nas unidades neonatais das maternidades. O Rio tem 18 bancos de leite humano, entre eles o Instituto Nacional Fernandes Figueira, da Fiocruz, que é referência na América Latina. Mesmo assim, a quantidade de leite arrecadada hoje é apenas 55% da necessária. Qualquer mulher pode doar, mesmo que não produza muito leite, pois quanto mais se tira, mais se produz. Doe! Um bebê pode estar precisando da sua solidariedade. Quem não está amamentando pode colaborar incentivando a doação ou entregando potes de vidro com tampa plástica nos postos. Esses potes ajudam a armazenar o leite doado. Tá falado!



sexta-feira, 25 de maio de 2012
Médicos entregam tudo


Em pesquisa do Conselho Regional de Medicina (Cremerj), os médicos da rede pública do estado denunciaram os problemas que enfrentam diariamente para atender a população. As principais dificuldades são a falta de equipamentos básicos e a superlotação. A que ponto nós chegamos? Como se já não bastasse a população relatar as mazelas do sistema, agora os médicos também contam a maneira nada profissional na qual são obrigados a trabalhar. Segundo a pesquisa, o Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, é onde mais falta equipamento, problema citado por 88,9% dos médicos. Mesmo após recente reforma, o hospital ainda enfrenta superlotação — há leitos até nos corredores! Para resolver o problema, deveria haver mais unidades de saúde na região. Ainda segundo a pesquisa, 83% dos médicos reclamam de equipes incompletas. Ninguém quer trabalhar em condições tão precárias! Das unidades de saúde, 67% não têm nem monitores de sinais vitais suficientes. Saúde pública é prioridade, mas vem sendo tratada pelo governo com descaso. Saúde, educação e segurança são direitos básicos da população, e sem isso nenhuma sociedade se desenvolve. Tá falado!



quarta-feira, 23 de maio de 2012
Todo cuidado é pouco!


Todo mundo acompanhou o que aconteceu nos últimos dias com a atriz Carolina Dieckmann. Fiquei realmente preocupado e acho muito importante que todos que usam a Internet tomem cuidado com a segurança online. Apesar de todas as recomendações aos usuários, esses criminosos que invadem computadores alheios acham presas fáceis e tiram o sossego de pessoas de bem. Eu me coloquei na pele dessa moça e posso imaginar o que ela passou, com chantagens e ameaças. É absurdo as pessoas terem sua privacidade invadida. Por isso gostaria de lembrar a todos algumas dicas para se livrar desses bandidos. Tenha muito cuidado com fotos íntimas em celulares, computadores, e-mails e redes sociais. Dados pessoais como números de documentos, endereço e data de nascimento nunca devem ser postados nas redes. Todas as senhas devem ser dificultadas ao máximo. Computadores coletivos, como os de lan houses, não são boas opções. Use programas antivírus, e se o aparelho for para manutenção, retire o HD. Não entre em sites de conteúdo duvidoso e só se relacione com quem você conhece. Todo cuidado é pouco para não cair nas mãos de bandidos online. Tá falado!



segunda-feira, 21 de maio de 2012
Direitos das donas de casa


A coluna de hoje é dedicada à mulherada que cuida de marido, filhos e casa. Não é mole, não! Os deveres eu sei que elas conhecem muito bem. Ma e os direitos? Para quem não sabe, está em vigor há seis meses a lei que permite aposentadoria para donas de casa. Fiquem de olho. Além da aposentadoria, outros benefícios também são garantidos. A lei vale somente para mulheres sem renda própria e que se dedicam exclusivamente ao trabalho na própria casa. Ela também deve ter renda familiar mensal inferior a dois salários mínimos e estar cadastrada nos programas sociais do governo, como Bolsa Escola e Bolsa Família. Para ter cobertura da Previdência Social, as donas de casa devem contribuir mensalmente por 15 anos com 5% do salário mínimo (hoje, R$ 31,10). Elas poderão se aposentar por idade, após os 60 anos, e por invalidez. Após um ano de contribuição, a mulher tem direito a auxílio doença. O auxílio-maternidade vem após 10 meses. Com um mês de contribuição, já pode deixar pensão para dependentes, desde que esteja em dia com o INSS. O trabalho doméstico é exaustivo e merece ser valorizado. Para mais informações, ligue 135 e agende atendimento. Tá falado!

sexta-feira, 18 de maio de 2012
Conjuntivite no cinema não!


Ir ao cinema é muito bom: a gente curte um filme bacana, compra pipoca e ainda dá uns beijinhos na namorada quando as luzes se apagam. Nos finais de semana, a procura por este programa aumenta bastante, mas não podemos nos esquecer também do nosso bem estar. Os filmes de hoje estão cada vez mais reais graças aos óculos 3D, que aumentam ainda mais a diversão. Mas o bagulho é doido e é preciso ficar ligado nesse acessório, pois tem muita gente reclamando de receber óculos sujos ao entrar na sessão. O perigo começa aí. Sem higienização correta, os óculos podem transmitir conjuntivite. Bastante comum e de fácil contágio, a doença é uma inflamação na membrana que envolve a parte da frente dos olhos, causando imenso desconforto. Basta usar os óculos de alguma pessoa que esteja com o vírus para ser infectado. O aumento considerável de casos da doença levou à criação da Lei 6.216/12, que obriga as salas exibidoras de filmes em 3D a distribuir óculos higienizados e embalados individualmente. Não dê mole pra Kojak: caso esteja em um cinema que não cumpra a lei, denuncie. E é sempre bom ter álcool gel para passar nos óculos e nas mãos antes do filme. Tá falado!





quarta-feira, 16 de maio de 2012
Tome cuidado na Internet


Pesquisa mostra que o Brasil é o país com o maior número de usuários de sites de relacionamento no mundo: 70% dos que acessam a rede já entraram pelo menos uma vez numa dessas páginas. O problema é que, com esse movimento maior, cresceram também os números de golpes. Tem que ficar esperto para mão cair nas mãos desses marginais. Muita gente cai nesses golpes e perde muita grana. O pior é que normalmente as pessoas lesadas não denunciam os golpes e aí fica difícil evitar a ação desses bandidos. Portanto, se liga: se você entrar nessa furada, saiba que a primeira coisa a fazer é denunciar, porque na Internet as testemunhas são as máquinas. Procure sempre saber onde está pisando. Não confie na boa conversa e em propostas de amor eterno dos golpistas. Normalmente, eles escrevem muito bem e têm um poder de sedução muito grande. Não leves pessoas conhecidas em sites de relacionamento para dentro de sua casa sem saber antes com quem você está lidando. Fique ligado nisso e se proteja da ação desses criminosos. Tá falado!


segunda-feira, 14 de maio de 2012
Sem UTI pra bebês não dá


Semana passada, um bebê de apenas um mês morreu após esperar 15 horas por uma vaga na UTI pediátrica de um hospital em Duque de Caxias. Os parentes recorreram à Justiça, mas quando apresentaram o documento ao hospital já era tarde demais. A menina sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu. Como se já não bastassem todos os problemas que assolam a nossa saúde pública, agora temos também a falta de UTIs neonatais e pediátricas. A negligência dos governantes do estado com a saúde está causando a morte de várias pessoas, e algumas nem tiveram chance de começar a vida. Descaso total! Se não havia vaga, era necessário procurar em outras unidades. Em caso de UTI, a situação é mais grave e, se for criança, é tudo ainda mais delicado, porque ela precisa de tratamento diferenciado. Quantas vidas são perdidas por falta de cuidados logo ao nascer? Quantos bebês seriam salvos se os hospitais estivessem preparados? A população está sendo tratada de um jeito que nem os animais merecem. Saúde é direito básico de todo cidadão e deve ser prioridade do governo. Negligenciar a saúde é negar o direito à vida. Tá falado!



sexta-feira, 11 de maio de 2012
Rio contra a tuberculose


O tempo está estriando, e a incidência de doenças respiratórias aumenta: gripe, resfriado, pneumonia e, principalmente, tuberculose, uma doença infectocontagiosa causada por uma bactéria que afeta os pulmões e alguns outros órgãos, como ossos, rins e a membrana do cérebro. A transmissão ocorre por gotículas de saliva na fala, tosse ou espirro. Os sintomas são bem parecidos com os da gripe: tosse, suor noturno, cansaço, palidez, falta de apetite e rouquidão. Dificuldade de respirar e sangue e pus na pleura são características avançadas da doença. O Brasil tem em média 69 mil casos novos de tuberculose por ano, e o estado do Rio lidera o ranking, graças à facilidade de contágio nas favelas. Na Rocinha, por exemplo, a média é de 300 doentes/100 mil habitantes, contra 38/100 mil no País. Vá ao posto de saúde caso esteja tossindo há mais de 3 semanas. Uma radiografia pode confirmar a suspeita. O tratamento é longo, cerca de 6 meses de antibióticos, distribuídos pelo SUS. E é muito importante segui-lo à risca para ficar curado. Crianças com menos de 4 anos devem tomar a vacina BCG. Não ignore os sintomas! Quanto antes tratar, mais fácil curar. Tá falado!


quarta-feira, 9 de maio de 2012
Bondinhos de volta já!


Em agosto do ano passado, um acidente com um bondinho de Santa Teresa deixou seis mortos e dezenas de feridos. Até hoje o inquérito não foi concluído pelo Ministério Público. Enquanto isso, os moradores do bairro aguardam a chegada dos novos bondes, 'modernizados'. A previsão é que só no fim de 2013 eles cheguem, com investimento de R$ 120 milhões! Será que fazer uma manutenção periódica custaria tão caro assim? Segundo a Companhia Estadual de Transportes, os bondes serão entregues no prazo. Vamos esperar e torcer para que todo esse dinheiro seja bem investido. A vontade dos moradores é que o bonde mantenha as características históricas e o preço baixo. Após o acidente, o comércio de Santa Teresa teve queda de 80% nas vendas. É pena que a situação tenha chegado a esse ponto. É inadmissível pensar que a população circulava em bondes de 116 anos e sem manutenção! Foi preciso uma tragédia para que as autoridades se mexessem. Santa Teresa é um dos mais belos cartões postais do Rio e atrai turistas diariamente. Resta agora torcer para que as melhorias prometidas realmente cheguem ao bairro. Tá falado!


segunda-feira, 7 de maio de 2012
Lixo eletrônico é o vilão


O Brasil é líder entre as nações emergentes na geração de lixo eletrônico. Com a tecnologia, milhares de aparelhos são descartados cada vez mais, e o consumidor quer substituí-los por outros mais modernos. Mas o que fazer com eles? Para quem não sabe, o lixo eletrônico traz muitos problemas para o meio ambiente, pois consome enorme quantidade de recursos naturais em sua produção. Para se fabricar um laptop, por exemplo, são necessários 50 mil litros d'água. E a vida útil desses equipamentos é cada vez mais curta. Um computador hoje não dura mais que três anos; um celular, só dois. Podemos imaginar a quantidade de lixo que isto representa. O assunto é sério, já que os aparelhos possuem metais pesados como chumbo, cádmio e mercúrio e outros elementos tóxicos, que podem causar sérios danos à saúde e ao ambiente. Existem empresas que reciclam estes materiais, portanto, doe seu aparelho a alguém que precise ou contribua para a inclusão digital. Além de fazer sua parte para que o impacto do lixo eletrônico seja menor, passe essas informações adiante. Muita gente joga seus aparelhos no lixo comum e não se dá conta do problema. Tá falado!



sexta-feira, 4 de maio de 2012
A violência sem limites


A violência cada vez mais toma conta das grandes cidades do mundo, e no Rio não é diferente. Desigualdade social, desemprego e miséria são alguns dos fatores ditos como responsáveis pelo problema, mas não é bem por aí. Claro que tudo isso contribui para que alguns, num ato de desespero, passem dos limites contra seu semelhante, mas o que vemos todos os dias é um aumento desenfreado da violência gratuita. O amor à vida e ao próximo infelizmente vai sendo ultrapassado pela fúria inconsequente ou pelo instinto de não levar desaforo pra casa. Por exemplo: um jovem em Niterói foi espancado após tocar, por engano, o interfone do prédio errado. A coisa está tão fora de controle que um pai beija o filho e uns desajustados descem o pau, por pensar ser um casal homossexual. E se fosse? Qual o problema? Por que essa fúria contra o semelhante? Para mim, isso vai muito além das mazelas sociais. Passa pela educação recebida e pela falta de Deus no coração. Não falo de religião, mas de acreditar em algo que te faça refletir. Mesmo que você não creia em Deus, pense: tudo o que você faz, de alguma forma, um dia volta para você. Tá falado!

quarta-feira, 02 de maio de 2012
Anorexia é muito sério!


Tenho visto muitas garotas lindas e de corpo perfeito acabando com a saúde com essa onda de anorexia. Quem sofre desse distúrbio alimentar tem grande medo de engordar, mesmo sendo extremamente magro. Em 90% dos casos, a doença ataca adolescentes e jovens de 12 a 20 anos. Caso não seja tratada a tempo, a doença pode levar à morte por desnutrição. Em casos extremos, é necessário internação e até uso de sonda para alimentar o paciente. Geralmente os anoréxicos não veem que estão doentes, recusando-se a ir ao médico ou tomar medicações. Não há explicação para o desenvolvimento desse distúrbio, mas em tempos de valorização cada vez maior da magreza e de preconceito doentio com a gordura, unidos às dietas milagrosas, não é difícil ver de onde vem o perigo. A preocupação com o corpo, a alimentação controlada e a prática de exercícios são benéficos para a saúde, mas é bom abrir os olhos. Pais, prestem atenção no comportamento e na aparência de seus filhos. Caso percebam algo estranho, leve-o logo a um especialista. O carinho de amigos e familiares é de extrema importância para que a pessoa entenda que está doente e deve se cuidar. Tá falado!



sexta-feira, 27 de abril de 2012
Educação pede socorro: é preciso melhorar já!


Há anos eu bato na mesma tecla: o Brasil está em evidência, os olhos do mundo estão virados para cá, em breve teremos o orgulho de sediar dois dos maiores eventos esportivos do planeta, as Olimpíadas e a Copa, mas infelizmente há uma questão que nos impede de figurar entre as principais nações: o descaso com a educação. A Unesco revelou que o Brasil tem o pior nível de educação da América do Sul e é o 88° colocado no ranking mundial, bem atrás de países como Uzbequistão e Mongólia. Vergonha!  Entristece ver tantos futuros brilhantes ceifados pela falta de uma educação de qualidade. Quase 40% dos estudantes são reprovados em seleções de estágio por terem maus resultados em testes de português. Na área de jornalismo, a reprovação chega a 49,45%. Este é o resultado de tantos anos de abandono da educação. Não quero apontar responsáveis, pois não basta ficar jogando a culpa de um para o outro. Ê preciso comprometimento de todos para que nossa juventude tenha chance de fazer parte do progresso do país. Não é só o fim do analfabetismo, mas a criação de um projeto de sociedade digna. Tá falado!


quarta-feira, 25 de abril de 2012
Central do Brasil e do crack


Outro dia passei pelo Centro e vi algo que me preocupou: homens, mulheres e crianças consumindo drogas numa cracolândia na Central do Brasil. As 600 mil pessoas que passam ali todos os dias são obrigadas a conviver com essa situação e a se defender dos bandidinhos que roubam livremente nos arredores. Assim não dá! Os usuários de crack ficam fora da realidade e assaltam nas imediações. A Secretaria de Assistência Social oferece abrigo e assistência multidisciplinar ao usuário, mas infelizmente muitos retornam ao vício. O crack virou epidemia, que temos que enfrentar juntos. Semana passada, a Prefeitura do Rio aderiu ao projeto do governo federal 'Crack, é possível vencer'. Espero que aumente a oferta de tratamento, o tráfico seja combatido e se invista na prevenção. A ordem pública no Centro precisa ser restaurada imediatamente. Segundo a PM, houve queda no número de assaltos de janeiro a março, mas não é essa a sensação da população. Infelizmente, a maioria dos furtos e roubos não é notificada e a polícia fica sem os números reais. Se você for assaltado, não deixe de registrar a ocorrência. Sua contribuição é importante. Tá falado!


sexta-feira, 20 de abril de 2012
Pacificação é irreversível


A bandidagem está achando que fazer operações orquestradas nas áreas pacificadas vai diminuir as ações contra o tráfico de drogas. Esses idiotas estão completamente enganados. A ocupação dos morros vai continuar, e ninguém vai baixar a guarda pra traficante. Não adianta expulsar morador de casa para criar boca de fumo, enfrentar a polícia, acertar com traficantes de São Paulo, fechar comércio ou ameaçar a população: a ocupação das áreas controladas pelo tráfico não tem volta. O Rio não pertence aos traficantes! Temos que continuar apoiando o trabalho de nossos homens da segurança para garantir o bem estar de todos. É hipocrisia dizer que o tráfico vai acabar. A tal da 'estica', infelizmente, sempre vai haver, em qualquer lugar do mundo. Mas o território tem que estar nas mãos do povo e do Estado. Os moradores das áreas pacificadas devem continuar denunciando os criminosos. A polícia não tem bola de cristal e precisa de ajuda. O Disque-Denúncia (2253-1177) é seguro e não precisa de identificação. Para libertar o Rio, precisamos da colaboração de todos. Tenho certeza de que o bicho vai pegar e não adianta chorar! Pra cima deles, poliçada! Tá falado!



quarta-feira, 18 de abril de 2012
E a tragédia se repetiu

Outra vez a Região Serrana sofreu com as chuvas. Em Teresópolis, cinco pessoas morreram há cerca de duas semanas. É triste saber que o local da tragédia já era área de risco desde 2007. O problema foi a ocupação irregular, que ocorre há mais de 50 anos sem a intervenção das autoridades. Até quando essas tragédias acontecerão? Em janeiro do ano passado, 3.400 casas foram destruídas e outras 10 mil condenadas. Até hoje, nenhum apartamento foi entregue aos desabrigados. Desrespeito total! E eu pergunto: por que essas pessoas não foram retiradas das áreas de risco? É preciso deixar que pessoas morram para depois tomar providências? Apesar dos investimentos em prevenção, alarmes, radares e planos de evacuação, ficou claro que ainda precisam ser feitos ajustes importantes, já que das 20 sirenes de Teresópolis, seis falharam no último temporal. Pessoas continuam morrendo e os R$ 390 milhões liberados pelo Governo Federal para serem investidos em obras de drenagem e contenção de encostas estão parados por falta de licitação. Até quando vamos ver as pessoas morrendo em nosso estado por pura falta de prevenção? Tá falado!






segunda-feira, 16 de abril de 2012
S.O.S. metrô carioca


É inadmissível que os usuários do metrô passem por tanto sufoco. Toda hora tem um problema. Os trens atrasam, a superlotação aumenta a cada dia, as composições entram em pane e param no meio do caminho e por aí vai. Um verdadeiro merdelê! A verdade é que quem precisa do metrô tem que ter sangue de barata para enfrentar tantos problemas. Semana passada, os usuários enfrentaram mais um desses problemas na estação Vicente de Carvalho, quando um trem parou de funcionar. Foi um bafafá geral! Teve passageiro que, revoltado, entrou na cabine do maquinista para protestar. É claro que isso não está certo, é perigoso e pode causar um acidente grave. Espero que não aconteça mais! O grande problema é que a população não agüenta mais as deficiências do serviço. A coisa está preta e, se nossos governantes não cobrarem soluções, vai ficar ainda pior. Os eventos internacionais estão chegando, e eu quero ver o que vai acontecer se providências imediatas não forem tomadas em relação ao transporte público. Recebo reclamações todo dia na Alerj e não me canso de cobrar soluções. Vamos ficar ligados nessa história. Estou de olho! Tá falado!



sexta-feira, 13 de abril de 2012
Bagunça nos transportes


Todos os dias, recebo dezenas de reclamações sobre empresas de transporte que estão tirando de circulação os ônibus de duas portas e deixando apenas os de uma porta. Portadores do vale social — ou seja, deficientes físicos e alunos do ensino fundamental e médio da rede pública — são impedidos de viajar. Como se não bastasse, outras empresas tiram o ar-condicionado dos coletivos. Brincadeira! O passageiro, além de viajar no aperto, é obrigado a morrer de calor. O bagulho é doido! Mas podem ter certeza que isso vai acabar. Vou tentar alterar a lei que dispõe sobre esta questão, e aí quero ver neguinho pular miudinho para cumprir as normas. É muita falta de respeito tirar da população o mínimo de conforto, que, aliás, é quase nenhum! Virou bagunça o transporte público no Rio, falta fiscalização a essas empresas e punições mais severas. Eu vou correr atrás desse prejuízo, podem ficar espertos! A população deve denunciar as irregularidades à ouvidoria da Secretaria de Estado de Transportes (telefones: 2333-8664 e 2333-8665). Anotem o número do ônibus, o nome da empresa e façam a parte de vocês! Estou ligadíssimo nessa história. Tá falado!



quarta-feira, 11 de abril de 2012
Ex-detentos na batalha


No fim do ano passado, apresentei na Assembleia Legislativa o Projeto de         Lei 885/2011, que reserva 5% das vagas de emprego em todos os editais de licitação e contratos diretos para obras públicas do governo do estado aos egressos do sistema prisional. Todos sabem das dificuldades que ex-presidiários enfrentam ao tentar retornar ao mercado. Os contratantes rejeitam a ideia de ter um ex-detento trabalhando para eles e não lhes dão chance. É necessário que o governo dê condições de reabilitá-los. Com trabalho, é menos provável o retorno ao crime. O projeto ainda está tramitando, mas iniciativas parecidas já começam a aparecer. No Complexo do Alemão, a cooperativa "Eu Quero Liberdade" criou o projeto Ecos da Liberdade, no qual quinze ex-detentos reciclam óleo vegetal e produzem biocombustível, sabão ecológico, detergente e cera de vela, entre outros produtos. Além de garantir o sustento, eles ainda ajudam o meio ambiente. Todos merecem outra chance! Quem já pagou pelo crime que cometeu deve ser tratado como um cidadão qualquer. O trabalho reinsere os ex-presidiários na sociedade e funciona como alternativa ao crime. Pensem nisso! Tá falado!


segunda-feira, 9 de abril de 2012
É preciso ter ação social


A resistência do tráfico nos morros pacificados do Rio é impressionante, mas, mesmo assim, a polícia está fazendo de tudo para manter o controle dessas áreas e garantir a tranquilidade dos moradores. Agora, na Rocinha e no Alemão, por exemplo, o patrulhamento passará a ter o dobro de policiais e câmeras transmitirão imagens da favela ao vivo para a polícia. Tudo isso é muito bom. A polícia tem mesmo que partir para cima deles com tudo! Mas é bom lembrar que não é só com o trabalho da poliçada que os problemas dessas áreas serão resolvidos. O investimento nas ações sociais deve ser realizado paralelamente à pacificação. Sem o trabalho social será muito difícil mudar completamente a história dessas regiões. Escolas, creches, balcões de empregos, postos de saúde, hospitais, inclusão digital, cursos e lazer são tão importantes quanto as UPPs. A população também precisa colaborar com a polícia e denunciar os criminosos para o Disque-Denúncia (2253-1177). Temos que fazer a coisa certa e cada um deve fazer a sua parte. Só assim venceremos a resistência desses criminosos idiotas, que ainda não entenderam que o Rio não é deles. Tá falado!


quarta-feira, 04 de abril de 2012
Radiografia da cidade



Há um ano, a Prefeitura lançou o Disque-Rio (1746), uma central que unificou o atendimento de 26 órgãos e secretarias. Esse serviço serve para que o cidadão carioca não perca tempo procurando onde fazer sua reclamação: para um único número vão reclamações, denúncias e pedidos de informação, que não são poucos. Neste primeiro ano, a central recebeu 2,5 milhões de ligações, com cerca de 650 mil solicitações, das quais 574.639 (88,4%) foram atendidas. Muito bom! 

O Disque-Rio ajuda a mapear os principais problemas da cidade por bairros, como focos de dengue e caramujos, desmatamento e sacrifício de árvores, buracos e entulho, poluição sonora, falta de higiene na alimentação, trocas de lâmpadas nas ruas, estacionamento irregular e desordem urbana. Ao ligar, o cidadão auxilia a Prefeitura na solução das deficiências da cidade. Então, vamos ligar e cobrar! Isso é um dever de todo morador do Rio. Não basta apenas reclamar. Já que temos esse serviço à disposição, vamos usá-lo da melhor maneira possível, passando informações corretas. O 1746 funciona 24 horas por dia. Ligue! Se não tiver resultado, reclame!
Tá falado!


segunda-feira, 02 de abril de 2012
Essa história de fraude na saúde é uma vergonha!


Pois é, gente! É uma vergonha essa história de fraudes na saúde, que hoje é assunto em todas as esquinas da cidade. A população está morrendo por falta de atendimento adequado nos hospitais, enquanto os malandros roubam e enfiam o pé na jaca com o dinheiro do povo.
A imprensa fez seu trabalho e corretamente colocou a boca no mundo, denunciando esse esquema fraudulento que envolve vários hospitais no Rio de Janeiro. Parabéns aos profissionais que participaram desse trabalho! Parece brincadeira o teor das gravações, quando fica muito claro que para vencer uma licitação no Rio é preciso pagar propina. Mesmo que as empresas envolvidas neguem o pagamento de propinas, a gravação mostra que a realidade é bem diferente.
Agora, o Ministério da Saúde determinou a abertura de processo administrativo para apurar as denúncias e a Polícia Federal já está ouvindo os envolvidos nas fraudes. O bagulho é doido e eu só quero ver onde isso vai parar. Só espero sinceramente que tudo isso não acabe em pizza ou que apenas os laranjas sejam punidos no fim.
Tá falado!




sexta-feira, 30 de março de 2012
Fique de olho na postura!


Se você está lendo esse post todo largado e sentado de qualquer jeito, trate de acertar essa postura! Hoje vou falar de um assunto muito sério, que atinge 80% da população mundial. Para quem não sabe, os problemas de coluna estão cada vez mais comuns e 54 milhões de brasileiros sofrem com as famosas dores nas costas. O computador portátil é um dos grandes vilões, já que leva diversos jovens e adolescentes aos consultórios médicos para tratar dores na coluna.
Caminhadas e alongamentos, por exemplo, são atividades simples, que ajudam a combater as lesões posturais. A conhecida “relaxada no sofá” é muito confortável, mas pode resultar em sérios problemas na região lombar. O recomendado é que a pessoa sente no sofá e mantenha os pés no chão. Na hora de usar notebook e computadores, incline o menos possível a cabeça para frente, faça alguns intervalos para alongar a região das costas e verifique se a mesa tem apoio para os braços.
Cuidar da postura deve ser um hábito. Quem ainda não tem esse costume está marcando bobeira.
Tá falado!


quarta-feira, 28 de março de 2012
Deficientes têm vida dura


É inadimissível que o Rio de Janeiro, que está às vésperas da realização de tantos eventos internacionais, não tenha ainda as estações de metrô e trem adaptadas para os portadores de necessidades especiais. Todos os dias eu recebo inúmeras reclamações de pessoas que, por terem uma deficiência física, não conseguem chegar até as dependências das estações, se não tiver a ajuda daqueles que tem bom coração. O Rio de Janeiro deixa muito a desejar no que se refere às condições estruturais desejáveis para acessibilidade. Nossos governantes precisam se conscientizar que todas as pessoas portadoras de deficiência, de qualquer tipo, tem o direito de se locomover integralmente em todo Estado.
Se eu for enumerar os problemas, vão faltar páginas para relatar todos. Mas só para lembrar como a vida é dura para os deficientes em nossa cidade, vejam só: nas estações de trem e metrô aqui no Rio, há desnível entre o trem e a plataforma, falta rampa de acesso e de elevadores e não há marcação no piso para os deficientes visuais.
Na última vistoria feita pela Comissão de Defesa da Pessoa Portadora de Necessidades Especiais (PPNE) da Assembleia Legislativa do Rio, ficou constatado que das 33 estações metroviárias existentes, apenas três são totalmente adaptadas ás necessidades dos portadores de deficiência física. Isso é um absurdo! Sinceramente eu espero que nossos governantes municipais e estaduais abram o olho para esse problema e cumpram as determinações das leis. Acessibilidade é um direito de todos, sem exceções. Se contar ninguém acredita, mas a verdade é que a cidade maravilhosa esquece os portadores de necessidades especiais.
Tá falado!


segunda-feira, 26 de março de 2012

O crack tomou conta da cidade


Não é de hoje que venho batendo nessa tecla: o crack invadiu o Rio de Janeiro e o número de viciados nessa droga do capiroto está crescendo em larga escala. Até algum tempo atrás, os viciados em crack ficavam confinados em locais com pouca circulação de pessoas, as cracolândias. Hoje em dia, a situação mudou. Em bairros como Manguinhos, Madureira, São Cristóvão e Vila Kennedy os usuários já ocupam as ruas e assustam os pedestres ao perambular desnorteados. Outro lugar onde há uma enorme concentração de viciados em crack é na Central do Brasil, e não é raro vê-los praticando roubos ou pedindo esmolas. Para sustentar o vício vale tudo: assaltar, se prostituir... Uma pesquisa do Conselho Federal de Medicina apontou que um terço dos usuários de crack morre devido à violência, pois eles não têm consciência de seus atos, agem como se fossem zumbis.
O bagulho é doido e a situação é grave e urgente! O Governo precisa se mobilizar e agir. Uma pessoa drogada não consegue se controlar, mesmo que queira se livrar do vício. As operações para recolher os viciados em crack das ruas são frequentes e a maioria dos usuários aceita ir para o abrigo, mas não consegue permanecer por muito tempo lá. A única solução é a internação compulsória, que já está em vigor em relação a menores de idade. Se crianças e adolescentes não fossem obrigados a permanecer no abrigo, o número de pessoas drogadas pelas ruas seria muito maior. Mas a estrutura e a quantidade de abrigos precisam melhorar muito ainda. O Governo tem que oferecer um serviço de qualidade que vá, de fato, recuperar essas pessoas. Tanto durante o tratamento, com um trabalho psicológico, quanto depois que os ex-usuários já estão nas ruas de novo, já que é muito fácil voltar para o vício. Precisamos dar um basta nessa droga devastadora! O crack está matando nossos jovens!
Tá falado!

segunda-feira, 26 de março de 2012
Saúde pública reprovada


O Índice de Desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (SUS) deu ao Rio de Janeiro a pior avaliação dentre as principais cidades brasileiras. A cidade tirou nota 4,33 no indicador de qualidade, que varia de 0 a 10, e ficou abaixo da média nacional, 5,47. Outras cidades fluminenses também obtiveram nota ruim, como São Gonçalo (4,18), Niterói (4,24), Nova Iguaçu (4,41) e Duque de Caxias (4,57). A média geral do Estado, 4,58, também decepcionou, por ser a terceira pior nota do país.
O Ministério avaliou dados de 2008, 2009 e 2010 e concluiu que a população carioca tem baixo acesso a atenção básica. Também pudera! Não há médicos nos postos, faltam profissionais especializados em clínicas e hospitais, há leitos fechados, a marcação de consultas leva um mês e a espera por uma cirurgia chega há até três meses, mesmo que o paciente já esteja internado. Os pacientes não conseguem acompanhamento médico e chegam ao hospital já em situação extrema.
Muitos casos de amputação de membros de pacientes diabéticos, por exemplo, poderiam ser evitados, caso eles recebessem um trabalho de prevenção. O bagulho é tão doido, que os profissionais de saúde precisam escolher o paciente mais grave para tratar. Os menos graves vão esperando e, consequentemente, piorando. Fora a demora, os pacientes também sofrem com adiamentos sem explicação. Os principais motivos são falta de anestesista, vagas em centros cirúrgicos e leitos no CTI. E o que é pior, enquanto esperam correm o risco de contrair uma infecção hospitalar. A saúde no Rio de Janeiro está na UTI e ainda tem muito a melhorar. O carioca está morrendo graças ao descaso de nossos governantes com a saúde púbica no Estado.
Tá falado!


segunda-feira, 26 de março de 2012
Dindim a mais na Páscoa



A Páscoa é um dos feriados mais populares do Brasil e do mundo. Para a igreja, trata-se da mais importante festa do calendário cristão, mas para a criançada o dia é de enfiar o pé na jaca, quer dizer no chocolate. Isto por que, segundo a tradição, neste dia tão esperado pelos comerciantes, as vendas do doce mais vendido do mundo quadriplicam na forma de ovos de todos os sabores e tamanhos. Pra quem não sabe, depois do Natal, a Páscoa é uma das épocas que mais aquecem o comércio, principalmente, quando se trata da comercialização de chocolates. Mas não são só as grandes empresas do ramo que faturam alto nesta época do ano.  Pesquisas indicam que pessoas que produzem ovos de Páscoa artesanais chegam a faturar em média R$ 3.000 neste período. O lucro chega a ser de 100%. Por isso, muita gente aproveita a Páscoa para aumentar a renda do mês fabricando e vendendo ovos de chocolate caseiros.
Mas, antes de sair por aí vendendo seus ovinhos se liga nessas dicas: Faça uma lista dos produtos que você irá precisar para começar o negócio. Há muitas lojas especializadas que podem te ajudar nessa tarefa. Dê uma conferida nos preços dos ovos industrializados, assim dá pra achar um meio termo de quanto irá cobrar pelo seu produto caseiro. O ideal é começar a montar o seu estoque de barras de chocolate no início do mês que antecede a Páscoa levando sempre em consideração a margem de desperdício e perda de material.  Se você quiser investir um pouco mais no negócio, uma boa pedida é comprar uma derretedeira para facilitar o trabalho, já que com ela é só colocar a peça inteira no fogo e esperar. Além disso, o equipamento garante a facilidade de reaquecer o chocolate de acordo com a sua necessidade.
Não se esqueça de caprichar na criatividade das embalagens e nos brindes. As pessoas gostam de comprar ovos de Páscoa caseiros com embalagens criativas e coloridas. É preciso também se preocupar com a qualidade do chocolate que será usado no processo. Dê preferência aos de marcas mais conhecidas no mercado, para poder garantir a qualidade sempre. Outra coisa importante é não se esquecer de incluir data de validade em todos os produtos além de tomar um cuidado especial com o armazenamento. Escolha sempre um local arejado e sem umidade para deixar os ovos embalados. É isso, galera! Seguindo essas dicas, a sua renda extra na Páscoa estará garantida!
Tá falado!


segunda-feira, 26 de março de 2012
Cuidado com os picaretas do futebol

Galera presta atenção: A maioria da garotada de hoje em dia sonha em ser um astro do futebol. Ganhar fama e dinheiro correndo atrás de uma bola pelos grandes clubes do país e do mundo. O sonho muitas vezes é compartilhado pelos pais que vêem nos filhos a possibilidade de se realizarem ou simplesmente melhorar a condição financeira da família. Por isso, o papo agora é reto com vocês, pais. É preciso ter muito cuidado na hora de investir no seu futuro craque, pois existe muito picareta e gente de má fé que promete mundos e fundos em troca de alguma compensação financeira e, quando as pessoas percebem que caíram no conto do vigário já é tarde. Aí é aquela luta para correr atrás do prejuízo.  Esse tipo de golpe acontece em todo país.
Os falsos empresários chegam às casas dos pais com contratos falsificados dizendo ter bons contatos na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e nos principais clubes do país e do mundo. O contrato assinado não serve de nada e esses safados chegam pedindo valores que vão de R$2.000 a R$ 5.000 para pagar o custeio das viagens e da documentação. O problema é que as viagens nunca acontecem e eles vão enrolando a família sempre com as mesmas desculpas esfarrapadas. Quando a coisa começa a ficar preta, eles somem do mapa. Isso quando não colocam os garotos em Centros de Treinamentos vagabundos e em péssimas condições sem direito de entrar em contato com a família ou dinheiro para voltarem para casa.  São os chamados “vendedores de sonhos”.
Não estou dizendo que não existam profissionais dedicados e qualificados para dar aquele empurrão na carreira profissional dos seus filhos, mas é preciso abrir os olhos e fazer a coisa certa. Nada cai do céu nem vem fácil para ninguém. Não confie a integridade de seu filho a qualquer um que bate na sua porta se dizendo representante de quem quer que seja. Não é assim que rola. O ideal é colocar seu filho em uma escolinha de futebol credenciada por algum time. Ali, além de ter todo um acompanhamento diferenciado para aprender as manhas do esporte, seu garoto participará de campeonatos onde os olheiros também credenciados pelos clubes possam avaliá-lo de uma forma profissional. Mas atenção! Nem toda escolinha que aparece com o nome de algum time famoso pertence realmente àquela agremiação. Antes de matricular seu filho, procure saber se a escolinha é credenciada, além de conversar com outros pais sobre o funcionamento do lugar.  É isso, galera! O futebol é um ótimo esporte para a garotada.
Caso seu filho demonstre talento e vontade de seguir esse caminho profissionalmente procure os meios certos para realizar esse sonho. E se você caiu na lábia de um desses picaretas procure a polícia e denuncie!

Tá falado!

17 comentários:

Nete Santos disse...

É o brasil precisa acordar e correr com tudo que acontece,todos os dias vemos ou lemos alguma coisa sobre adecadencia do nosso pais ou do mundo. Precisamos agir o wagner todos os dias da um toque para as pessoas de grandes posses se ligarem e fazer as coisas necssarias pra qules que ñ tem..........Deus te abençoe

ROSI FELIZ! disse...

Boa tarde Wagner Montes gostaria de fazer uma pergunta para ti . Passei por uma blitz o policial me parou o meu capacete estava no guidon da moto sei que foi errado da minha parte mais ele prenderam minha habilitação e minha moto a moto eles podem fazer isso ?

Jackson.dxn disse...

em sua materia do dia 13 de abril 2012,
vc diz que vai buscar alterar a lei.
dessa forma é preciso saber que:

o motorista não pode cobrar passagem. isso ou atrasa a viagem, ou retira a atençao do motorista ao transito, pois ele dá o troco quando já está dirigindo. tem que ter sempre cobrador mesmo nos microonibus e microes.muitos acidentes com morte já aconteceram por conta disso.
microonibus e microes só podem funcionar fora do horário de pico, ou se não superlotam em qualquer horário. pois colocar este tipo de onibus em horario de pico é um absurdo.os corredores não tem espaço para ficarem duas pessoas.
a saida deve ser pela frente e a entrada pela porta de tras. assim pelo retrovisor externo, o motorista consegue se todos passageiros ja embarcaram, e ainda pode contar com o auxilio do cobrador que fica proximo a porta traseira, entrada do onibus. PS.: se todos os onibus fossem assim, aquela criança de 11anos , não seria estuprada no coletivo.
com a saida pela porta de tras, o motorista muitas vezes não consegue ver se ainda tem alguem descendo, assim ele fecha a porta imprensando alguem, muitas vezes são crianças e idosos. acontece muito tambem de o motorista sair com o carro quando o passageiro esta descendo, derrubando o mesmo. já vi muitos idosos cairem por este motivo. e quando o onibus está muito cheio o motorista fecha as portas e sai com o onibus sem que todos os passageiros tenham descido, pois pelo retrovisor o motorista consegue ver se ainda tem alguem para descer já que apenas o ele ve pelo retrovisor são as cabeças dos paassageiros que não vao descer neste mesmo ponto.



MUITO AGRADECIDO PELA ATENÇÃO, GOSTARIA DE RECEBER EMAIL INFORMANDO QUAL ATITUDE FOI TOMADA, PARA NÃO FICAR A IDEIA DE QUE NÃO FUI OUVIDO, OU QUE MEUS APELOS FORAM VÃOS.

falida hospitais do rio disse...

Boa noite? Wagner Montes sou de caxias,vejo tdos os dia seu pograma,e hoje domingo fiquei muito triste o meu coração esta muito magoado pelo descazo dos hospitais do rio estive hoje n Salgado filho visitar um grande amigo ele entrou com um poblema e esta praticamente em coma induzido as horas d visita ele só dormia o pior e q os médicos n passa o diagnostico p a esposa dele ela n sabe o q esta acomtecendo,ele esta inchado,o saco escrotal esta d tamanho d um melao e uma coisa inacreditavel eu estou hororizada,procurei um médico p dizer oq esta acomtecendo dizem q domingo n tem medico mais quando fui lanchar tinha medicos d converça fiada eles nem ligam,Wagner a esposa dele e ele via seu pograma tds os dia aí ela m pediu uma ajuda sua porq ela e idosa n ninguem para resolver ela tem medo d deixar ele sozinho porque ele e indefezo,Wagner ela precisa d gel saf pomada ela q comprar porq n hospital n tem nd,a minha amiga s chama maria jose,ela ajuda as meninas gemeas d sao cristovão sao a filhas da célia o nome d uma delas e rayane ela e madrinha d seu pograma e hoje ela esta carente d um apoio ela só q saber sobre os exames eles isso e d 30 d janeiro e ate hoje ela esta sofrendo muito c esse descaso,aguardo seu contato

bozmarcel disse...

boa tarde Wagner Montes, li uma materia do dia 13 de abril que vc diz que vai buscar alterar a lei e o povo de são gonçalo ficou muito feliz, pois as empresas intermunicipais, demitiram todos os cobradores e não satisfeitas com isso substituiram os onibus de 2 portas, pelos de 1, ja que esse nao aceitam gratuidade, entao vai a dica, se vc realmente alterar a lei, faça as empresas aceitarem gratuidades nos onibus de 1 porta que nao tenha ar condicionado, pois os veiculos de 1 porta, nao tem conforto nenhum pra ser chamado de tarifa, pois é um onibus comum, so que ao inves de 2 portas, tem 1 pra nao aceitarem gratuidades. ja fizemos varias reclamaçoes junto ao detro e ate o momento nao foi feito nada. contamos com vc. fique com deus e forte abraço...

Andrea disse...

Boa noite Wagner MOnte, venho por meio desta expor a vc minha indignaçã, pois sou hipertensa e diabetica e estou sem consulta médica a 6 meses, quando eu deveria ter estas consaultas de 3 em 3 mese, me trato no Hospital municipal Raul Gazola e estou todos esse meses sem conseguir marcar, eles sempre me mandando voltar de trinta em trinta dias pra tentar marcar, não sei se por falta de médico ou o que, e isso já se passaram 6 meses, minha ultima consulta foi no mês de dezembro de 2011, por favor eu te peço ajuda, prque já estou sem rémedio porque a receita só é valida por três meses, desde já agradeço a atenção e ajuda.

laninha disse...

BOA NOITE MEU QUERIDO WAGNER ASSISTO SEU PROGRAMA TODO DIA ALIAS MINTO ASSISTO A RECORD DIA E NOITE E NA MADRUGADA TAMBEM SEI QUE VC E UMA PESSOA SERIA VOTEI EM VC TAMBEM POIS SEI QUE VC SE PREOCUPA COM A POPULAÇAO E TENHO VARIAS TRECLAMAÇOES A FAZER A 1 E QUE NA MINHA RUA EM FRENTE A MINHA CASA HA 2 MESES O POSTE EM FRENTE A MINHA CASA ESTA SEU LUZ LOGO NO COMEÇO DA RUA E MAS OUTRA TO MUITO FELIZ COM AS UPPS AI DO RIO SO QUE TEM UM DETALHE OS BANDIDOS ESTAO TUDO VINDO PRA CA ONDE EU MORO OS ASSALTOS SAO COLTIVOS ELES ASSALTAM PEDESTRES CASAS PESSOAS NA RUA AQUI TA O CAOS POR FAVOR WAGNER ME AJUDE E POR FAVOR ESTOU QUERENDO ARRUMAR UM MEDICO PRA ME OPERAR O MIOMA OBRIGADO COMFIO EM VC ME AJUDE OBRIGADA

GuilFern disse...

Bom dia,

Venho atraves desta fazer uma GRAVE DENUNCIA, na minha opinião, mais um DESVIO DE VERBA PÚBLICA.

Essa denuncia se refere a CASF de Parada Morabi (Imbariê), Duque de Caxias.

Até hoje os AGENTES DE SAUDE até entao CONTRATADOS, nao receberam salário algum, já indo para o terceiro mês. Segundo o Coordenador de nome Tony, primeiramente disse que os

salários seriam pagos a cada 2 meses, e depois disse que seria a cada três mes.
Quero então saber como que fica as contas e despesas dos AGENTES? Teriam que comer e pagar as contas a cada 3 meses tambem? Por acaso a Prefeitura de Caxias irá arcar com os

juros das contas atrasadas?

No CRAS ocorre péssimo atendimento a população que já é bastante carente desse tipo de serviço, e segundo a chefia, esses PACIENTES, são para serem tratados de CLIENTES, e nao

PACIENTES. Não tendo o minimo de respeito que o ser humano merece, independente de raça, cor, classe social, isso parece RACISMO.

Outra coisa, foi informado para os AGENTES, que apesar de terem assinado CONTRATOS e não a CARTEIRA PROFISSIONAL, seriam os mesmo descontados o INSS, sem contar que o salario

inicialmente pago seria no valor de R$ 540,00, ora entao, totalmente sem atualizacao quando na verdade está abaixo no SALARIO MINIMO. Mais um indício de desvio de verba.

Para onde vai esse desconto QUE ESTA TOTALMENTE ILEGAL, já que nao há contribuicao para o INSS ou até mesmo FGTS?

No CASF de Morabi nao tem um guarda sequer para a seguranca (ou guarda municipal) de pacientes ou os agentes/medicos, ja que a area não é 100% confiavel, porque quase nao tem

viaturas da policia rondando.Mais um indício de desvio de verba.

No CASF de Morabi não tem faxineiros (as) muitas das vezes alguns AGENTES de saude sao obrigados a executar tarefar que nao sua obrigacao, como se jã nao bastasse o atraso do

pagamento salarial, ainda isso.Mais um indício de desvio de verba.

No CASF de Morabi, foi comunicado inicialmente para os AGENTES que todos teriam BICICLETAS para se locomoverem até as residencias dos moradores, que por muitas vezes são longe

do CASF. Mais um indício de desvio de verba.

No CASF de Morabi não tem equipamentos para agilizar, arquivar ou até mesmo enviar quando necessários formulários ou comunicados, tais como, Computador, impressoras, fax, nem ao

menos telefone FIXO. O coordenador alega que nao tem nada disso porque não há segurança ou vigia na área. Ora, então providencia tudo isso, seria o minimo, porque mais uma vez

os AGENTES sao explorados, tendo que escrever tudo a mão quando necessários. Se fosse feito atraves de digitacao e impressao determinada requisicao ou marcacao/atestado de

comparecimento (quando é exigido no trabalho), seria mais praticos os equipamentos citados acima. Mais um indício de desvio de verba.

No CASF de Morabi tem como responsaveis o Tony como Coordenador e Graça como Coordenadora de Enfermagem), mesmo assim muitas responsabilidades como fechar e abrir o CASF fica

nas mãos da AGENTE de nome Sandra, que não deveria ter poder algum por LEI nessa e em outras funções administrativas. Essa mesma Sandra tem regalias, porque tem familiares que

são tambem da área pública e por também morar nas proximidades do CASF. Resumindo a Sandra é contratada como AGENTE DE SAUDE, e não funcionária pública. Isso tambem é

gravissimo.

TEM MUITA COISA ERRADA NO CASF MORABI.

Quero deixar bem claro que essa mesma denuncia será repassada para jornais e autoridade competente, na qual possa abrir uma investigação sobre tudo isso.



AGUARDO PROVIDENCIAS.

marianarodrigues disse...

wagne preciso da sua ajuda o esgoto da minha casa e da minha mae esta entupido pq fizeram uma obra no final da rua e colocaram manilha,logo segida nos fomos prejudicada,pois nosso esgota esta a ceu aberto,correndo risco,de pegarmos uma doença,denque etc...
nos ajuda por favor..........

marianarodrigues disse...

wagne preciso de ajudar moro em são gonçalo portão do rosa,depois que fizeram umas obras no final da rua,colocaram manilha lá,tudo bonitinho,so que ai no começo da rua ficou baixa,o esgoto esta voltando para o quintal,ja tentamos tudo mas nada.preciso de ajuda urgente,correr o risco de nós pegamos uma doenças grave nessa aguá suja.por favor nos ajude

Francisco Trindade 12012 disse...

Superabraço meu amigo Deputado Wagner Montes, Deus te abençoe!!!
Francisco Trindade

daniele gonçalves disse...

wagner hj sendo moradora de xerem fico adimirada com tanta falta de umanidade, a rua que moro chamada aviario ñ tem asfalto devido essas chuvas cada vez mas abre buraco, mulheres q tem crianças de colo já se acidentarao pq alem disso o unico meio de transporte digno de um trabalhador so vai até as 21:00 hr e quem ñ tem outro meio vai aper por favor nos ajude a mudar esse quadro um grande abraço fique na paz!!!

Mozarth Rocha disse...

Olá, Wagner. Assisti o programa de hoje, e me chamou a atenção a reportagem sobre a Light e as cobranças abusivas.
O que poderemos fazer para nos defender desses absurdos? Não temos a quem recorrer? Veja, por exemplo, o próprio Xandão. Parece que se conformou com o aumento da conta (ou não?). Não há como fazer uma mobilização sobre o assunto, Wagner.
Estamos nessa desde que o Fernando Henrique resolveu vender a Light para a França e agora os gringos querem tomar dinheiro a todo custo. O que poderemos fazer?????

Mozarth Rocha disse...

Sou novo no twitter. Acabei de postar um comentário sobre a Light, mas surgiu este novo quadro. Não sei se o meu comentário foi postado...

SANDRO BARRETO disse...

Diga não a essa coisa, além de matar várias pessoas, traz conseqüências gravíssimas as suas familias e a quem usa essa porcaria...!

BOM DIA!

VEJA MATÉRIA: NOVO CÓDIGO PENAL: USO DE DROGAS NÃO SERÁ MAIS CRIME. A comissão de juristas que está tratando da reforma do Código Penal no Senado aprovou nesta segunda-feira (28) texto que descriminaliza o uso, compra porte ou depósito de qualquer droga para consumo próprio. Se não reagirmos agora, seremos governados por leis que exigirão da sociedade brasileira o respeito ao aborto, à sodomia, às drogas e ao infanticídio indígena, trazendo como conseqüência o desrespeito à ética e aos valores familiares e cristãos.

Acesse: http://www.programaapalavra.com.br/noticias/detalhe/id/420

SANDRO BARRETO disse...

Bom Dia Wagner Montes, sou um fã seu de carteirinha, e sei da luta que você tem pelos Policiais, Bombeiros entre outros, estou curtindo junto e misturado seu facebook, o Escracha oficial,e todos os demais, mais minha vinda aqui foi porque postei 2 itens somente, mais de extrema importância um é que a ONU, vem querendo dar pitaco sobre nossos policias e querer o fim da policia militar e outra é que estamos diante dessa amaldiçoada droga chamada crack e querem aprovar isso no senado como o uso da maconha, comenta isso ou me ajude a que isso não venha acontecer, vejo por aquela mãe viciada e tem problemas com os filhos por causa do vicio, pois estamos sendo escravizados pela ignorância de algumas pessoas que não sabem que o que é sofrer.

Bom Dia Wagner, e estamos juntos mais tarde no balanço geral.

1º...Sempre...Buuuummmmm, Bummmmmmmmm.

rita silva disse...

não estão aceitando os estágiarios de gesso nos hospitais o hosp albert em realengo expulsam eles miguel couto saracuruna souza aguiar e outros não nos aceitam,como podemos fazer concursos publicos,pra trabalhar no proprio hospital se nos expulsam,se não é uma profisão reconhecida ,o ministerio da saúde tenque eliminar essa prifisão.estamos sendo humilhado nos ajuda wagner escrachaaaaa esses hosp .